Carlos Alberto Parreira foi claro em sua preleção para os jogadores antes da goleada por 8 a 0 sobre os Emirados Árabes, no sábado, em Abu Dhabi: ´Somos os melhores, mas o pentacampeonato já passou. Vamos atrás do hexa.´

´A partir de agora, até junho de 2006, vocês vão cansar de ver em entrevistas no mundo todo, as pessoas considerando o Brasil como grande favorito para ganhar a Copa. Isso não nos leva nada, já que no futebol não se ganha antecipadamente´, afirmou o treinador, em conversa reproduzida pelo site oficial da CBF.

Para alertar seus jogadores sobre os perigos do favoritismo, Parreira usou como exemplo fracassos recentes da Seleção Brasileira em Mundiais.

´Em 82, o Brasil era favorito e não levamos. Em 2002, os favoritos eram Argentina e França, que acabaram voltando para casa mais cedo.´ Quando relembrou a derrota de 98, Zagallo se irritou e provocou risadas dos jogadores: ´Não lembra de 98, não, que o treinador era eu.´