O Real Madrid terminou o primeiro turno do Campeonato Espanhol apenas três pontos atrás dos líderes Barcelona e Atlético de Madrid e não tem por que não pensar que pode brigar pelo título. Na opinião do técnico Carlo Ancelotti, animado com essa proximidade, a disputa tão acirrada entre três equipes vai obrigar uma delas a somar 100 pontos para ser campeã nacional.

“Não é normal, mas essa é uma liga com três equipes muito fortes. Já dissemos isso antes. Precisamos de cem pontos e temos que fazê-los”, disse, depois da vitória por 1 a 0 sobre o Espanyol.

Realmente, como disse o italiano, fazer 100 pontos em 38 jogos é muito raro. Desde a temporada 1995/96, a primeira com a vitória valendo três pontos, apenas duas equipes conseguiram esse feito. Justamente os dois últimos campeões. O Barcelona de 2012/13 e o Real Madrid do ano anterior. Nem em 1995/96 e 1996/97, campeonatos com 42 rodadas, houve tantos pontos.

A diferença é que em nenhum dos dois torneios com 100 pontos houve equilíbrio. O Barcelona terminou com 15 pontos de vantagem para o segundo colocado e o Real Madrid com nove.

Na metade do torneio, Barça e Atlético estão com 50 pontos e, se mantiverem o ritmo, chegarão a 100. O Real Madrid, com 47, precisaria aumentar um pouco o aproveitamento e ainda assim apenas empataria com os rivais. Talvez seja necessário mais do que uma centena de pontos para ser campeão este ano. Seria um recorde e uma reta final eletrizante.