Apreciar uma camisa de futebol é questão de gosto. As empresas tentam (tentam?) inovar no design muitas vezes, mas nem sempre conseguem atingir o público em cheio – e também são passíveis a verdadeiros tiros n’água. Fato é que, entre os lançamentos diferentes e originais das últimas semanas, vários deles não estarão presentes na Copa do Mundo de 2018. Assim, enquanto os uniformes do Mundial ganham grande repercussão, resolvemos fazer uma lista diferente: 15 fardamentos que merecem a atenção, mesmo não desfilando na Rússia.

Não quer dizer que são necessariamente os “mais belos”. Mas, por um detalhe aqui ou acolá, decidimos destacar. A escolha é totalmente subjetiva e não está fechada. Assim, acréscimos nos comentários são muito bem-vindos. Priorizamos as camisas oficializadas desde o segundo semestre de 2017, sem considerar antecipações e vazamentos – o que explica a ausência de Holanda ou Chile.

Itália

Camarões

Costa do Marfim

Venezuela

Bósnia
Irlanda do Norte
Escócia
Eslovênia
Noruega
Grécia
Estados Unidos
Liechtenstein
El Salvador
Tailândia
Romênia