Uma holandesa acaba de chegar em casa depois de ter jogado futebol. Distraída, conversa ao telefone, joga a mochila e os casacos que a aquecem no inverno de Amsterdã no sofá antes de entrar no banho. Não percebe, talvez com a cabeça no encontro que acabou de marcar, que há mais alguém no apartamento. Sádico, o intruso quer assustá-la. Aproveita o barulho do chuveiro e a proteção do vapor da água quente para escrever o nome dele no espelho: Chile.

Essa história não pertence a um conto do Stephen King e, apesar de se passar em um banheiro, também não é o roteiro de um filme do Hitchcock. É, na verdade, mais uma excelente propaganda sobre a Copa do Mundo de 2014.

A cerveja Crystal, patrocinadora oficial da seleção chilena, brincou com a presença do time no Grupo B, que ameaça as classificações de Espanha ou Holanda. A meses da Copa do Mundo, o Chile já está amedrontando os holandeses. Ou uma holandesa, no caso.