Em uma quarta-feira na qual as atenções dos torcedores brasileiros estavam voltadas à Série A, a Copa Sul-Americana reservou jogos emocionantes. Três times confirmaram a classificação às oitavas de final. E a celebração de LDU Quito e Nacional do Paraguai aconteceram apenas nos instantes derradeiros. Ambos os times marcaram seus gols decisivos nos últimos segundos de bola rolando, com direito a uma disputa de pênaltis para carimbar o passaporte dos equatorianos. Milagres que revigoram as esperanças rumo à próxima fase da competição.

A LDU tinha perdido o jogo de ida contra o Bolívar por 1 a 0, mas deu o troco no Estádio Casablanca. No entanto, precisou perseverar. Horacio Salaberry devolveu o placar apenas aos 49 do segundo tempo, completando de cabeça o cruzamento de Anibal Chará. Diante do cenário, os equatorianos ainda precisaram enfrentar a disputa por pênaltis, com Jefferson Intriago definindo o triunfo por 6 a 5 nas alternadas.

De volta ao clube no qual estourou, Hernán Barcos converteu uma das cobranças, a quinta da série normal. Outro a acertar o pé na marca da cal foi José Francisco Cevallos Enríquez, meia de 22 anos, que é filho daquele Cevallos, goleiro idolatrado no futebol equatoriano – e que atualmente atua como presidente do Barcelona de Guayaquil, além de ser governador da província de Guayas. Coincidentemente, o Fluminense é o próximo adversário dos Albos.

O Nacional Querido, por sua vez, superou o Olimpia no duelo paraguaio disputado no Defensores del Chaco. Os alvinegros abriram o placar com Sergio Otálvaro, enquanto Freddy Bareiro deixou tudo igual antes do intervalo. Walter González recolocou os franjeados em vantagem, até que os tricolores buscassem a classificação aos 52 do segundo tempo. Juan Manuel Salgueiro converteu o pênalti salvador. O empate por 2 a 2 foi suficiente ao Nacional, graças aos dois gols como visitante, após o 1 a 1 na ida – também jogada no Defensores del Chaco.

Capricho do destino, os dois gols do Nacional foram anotados por jogadores que protagonizaram a última grande campanha continental do Olimpia. Bareiro e Salgueiro fizeram parte da equipe derrotada pelo Atlético Mineiro na final da Libertadores de 2013. Os tricolores, aliás, contam com um elenco bastante experiente. Outras figurinhas carimbadas são Carlos Bonet e Jonathan Santana, medalhões com passagens pela seleção. Na próxima fase, os paraguaios pegam Nacional de Potosí ou Estudiantes.

Por fim, o Independiente confirmou um duelo argentino contra o Atlético Tucumán nas oitavas. Depois de já terem vencido o Deportes Iquique em Avellaneda por 4 a 2, os Rojos ratificaram a classificação na visita ao Chile. Vitória por 2 a 1, de virada, com Maximiliano Meza e Lucas Albertengo anotando os gols dos visitantes. A partida marcou a estreia de Fernando Amorebieta no Independiente.