Manter seus melhores jogadores é uma ótima medida para clubes que querem continuar brigando por títulos. O Arsenal vive uma temporada atípica, sem participar da Champions League, e com dois dos seus principais jogadores com contrato apenas até o final da temporada: Alexis Sánchez e Mesut Özil. A saída dos dois parece iminente, especuladas para acontecerem até mesmo em janeiro. O acionista majoritário do Arsenal, o americano Stan Kroenke, porém, ainda acredita ser possível manter as duas estrelas no clube.

LEIA TAMBÉM: Garotinho encontra £ 5 em estádio e entrega para o herói da vitória do Huddersfield

“Nós queremos atrair os melhores jogadores, manter os melhores jogadores. Eles [Özil e Sánchez] estão entre os melhores jogadores”, afirmou Kroenke em entrevista ao Mirror. “Eu os assisti no sábado [vitória por 5 a 2 sobre o Everton] e eles pareceram muito bem com camisa preta e vermelha. Eles pareceram realmente bons e jogaram realmente bem e nós adoraríamos mantê-los”, disse ainda o dirigente.

“É preciso duas pessoas para dançar. Nós iremos continuar trabalhar para manter os nossos maiores talentos e atrair mais talento, mas alguns dos jogadores que temos são muito bons”, analisou ainda Kroenke. “Eu me sinto bem com a habilidade do Arsenal em competir, e competir em um nível muito alto. Mas eu também sinto que podemos fazer melhor, eu realmente sinto. Eu acho que ficaremos melhores nisso”, declarou ainda o dirigente.

Alexis Sánchez é desejado pelo Manchester City de Pep Guardiola, que tentou contratá-lo no final da última janela de transferências e não conseguiu. Já Mesut Özil pode atrair interesse de clubes que disputam a Champions League. Kroenke, porém, tenta valorizar o Arsenal para convencer os jogadores a ficarem.

“Londres é uma grande cidade, o Arsenal é um clube tremendo, com uma grande tradição e um grande técnico”, afirmou Kroenke. “E nós gastamos muito em jogadores. Vocês sempre podem dizer que um clube faz isso ou aquilo. Mas nós realmente gastamos”, continuou Kroenke.

Nesta temporada, o Arsenal gastou € 53 milhões, todo esse dinheiro para trazer Alexandre Lacazette do Lyon. Na temporada anterior, 2016/17, o clube gastou praticamente o dobro disso: € 107 milhões. Em 2015/16, porém, o clube gastou € 26 milhões. Veremos se o Arsenal conseguirá manter Sánchez e Özil e, no caso de perdê-los, se fará contratações à altura para repor.