O atacante Adriano reuniu-se neste domingo, um dia após o empate por 2 a 2 com a Sampdoria, para pedir desculpas por seu comportamento nas últimas semanas.

´´Analisei com o presidente o meu momento e lhe fiz uma promessa: vou retornar o mais rápido a minha melhor condição física para poder dar à Inter o que não o fiz nos últimos jogos. Muito disso se deve a uma dor nos ombros da qual ainda não me recuperei. Mas, sem desculpas ou álibis, devo concentrar-me no meu trabalho´´, afirmou ´Il Imperatore´ ao site oficial da Internazionale.

Adriano afirmou também ter pedido dispensa da Seleção Brasileira para os dois amistosos de novembro no Oriente Médio, contra os Emirados Árabes e um combinado de jogadores do Kuwait. Sua intenção é permanecer em Milão para dar seqüência a seu tratamento.

´´Ainda não estou 100% e tenho conversado com os responsáveis pela Seleção e espero que possam entender minha situação. Uma semana em Appiano Gentile seria muito útil para minha recuperação´´, comentou o atacante após o jogo contra a Samp.

Desde o jogo contra a Venezuela pelas eliminatórias para a Copa do Mundo, Adriano criou um mal-estar com o técnico Roberto Mancini e com seus companheiros por ter atrasado seu retorno à Itália. Seu comportamento foi alvo de críticas até mesmo de seus colegas – mais explicitamente Juan Sebastián Verón.

Foto: inter.it