A federação italiana suspendeu Adriano por duas partidas por agredir um adversário. A decisão, tomada nesta terça, teve como base imagens captadas por câmeras de tevê durante a partida contra o Livorno, no último sábado, pela Série A.

O atacante deu um tapa em Grandoni aos seis minutos do segundo tempo. A pena máxima seria de três partidas, mas a federação concluiu que o gesto foi uma reação tomada “imediatamente após ser atingido na nuca”. Para a entidade, o tapa “atingiu parcialmente o adversário”.

Desta forma, Adriano ficará de fora das partidas contra Udinese e Roma.