Como era de se esperar, Aimé Anthuenis foi demitido hoje do cargo de treinador da seleção belga. A equipe fracassou nas eliminatórias da Copa, quando terminou em quarto lugar no grupo 7, atrás de Bósnia, Espanha e Sérvia-Montenegro.

Pela primeira vez desde 78, a Bélgica ficará de fora de um Mundial. Os nomes mais cotados para substitui-lo são Morten Olsen, Rene Vandereycken, Eric Gerets e Marc Wilmots.

Anthuenis estava no cargo desde julho de 2002 e tinha contrato até o final da temporada. Poucos meses antes de sua saída, o treinador afirmou: ´´Um técnico que fracassa na classificação de sua seleção em dois torneios seguidos não deve permanecer no cargo´´. Antes da eliminação da Copa, a Bélgica ficou de fora da última Eurocopa.