Massimiliano Allegri é um técnico que consegue sucesso no futebol italiano, depois de uma boa passagem no Milan e melhor ainda pela Juventus. Aos 49 anos, ele alcança o topo da sua carreira como técnico, mas ele também foi jogador. E dirige atualmente na Juventus um jogador que atuou com ele: Andrea Barzagli. Mais do que isso, foi ele quem o aconselhou o então jovem a sair do meio-campo e jogar na defesa.

LEIA TAMBÉM: Pai de revelação cobra tratores que Juventus prometeu pela renovação do filho

Allegri foi um meio-campista que teve passagens por alguns clubes importantes da Itália. Passou por muitos clubes de divisões menores, incluindo o Livorno, time da cidade que nasceu. Começou a se destacar em alto nível em 1991, quando joagava pelo Pescara e ajudou o clube a subir para a primeira divisão.

Era um meia ofensivo e chamou a atenção jogando na Serie A. De lá, foi para o Cagliari, em 1993, e depois passou por Perugia, Padova e Napoli antes de voltar ao Pescara em 1998. Em 2000, jogou na Pistoiese, e estava com 34 anos. Foi lá que encontrou Andrea Barzagli, então com 19 anos. Ele tinha começado a carreira no pequeno Rondinella, em 1998, e foi para a Pistoiese em 2000, mesmo ano que Allegri chegou ao clube.

“Eu estava chegando ao final da minha carreira, então eu já era praticamente um ex-jogador quando ele estava apenas começando e jogava no meio-campo”, afirmou Massimiliano Allegri à Sky Sport Italia. “Eu disse a ele que se continuasse jogando assim, nunca jogaria em um nível maior do que a terceira divisão. Disse que se ele quisesse um tipo diferente de carreira, precisava mudar. Ele precisava ir 15 metros para trás”. Parece que deu certo.

Em 2001, Barzagli voltou ao Rondinella, antes de se transferir para o Ascoli, onde teve destaque jogando na terceira divisão. Na primeira divisão, sua estreia foi jogando pelo Chievo, em 2003. Se destacou e foi vendido ao Palermo, onde ficou de 2004 a 2008. Foi de lá que chamou a atenção do Wolfsburg, que o levou à Alemanha em 2008. Em 2011, a Juventus o contratou. Voltou a trabalhar com Allegri, com este como treinador, em 2014, quando Antonio Conte deixou o clube para assumir a Itália e Allegri chegou para substituí-lo no clube de Turim.

Na Juventus, Allegri e Barzagli conquistaram três títulos da Serie A, três Copas da Itália e chegou duas vezes à final da Champions League. Atualmente com 36 anos, Barzagli se tornou um jogador de destaque não só em clubes, mas também na seleção italiana, que joga desde 2004. Jogou, inclusive, nas Olimpíadas de 2004, em Atenas, conquistando a medalha de prata. Fez parte da seleção de Roberto Donadoni após a Copa de 2006, mas o colapso do time sob o comando do treinador também espirrou no zagueiro, que ficou quase três anos sem ser convocado.

Jogou a Eurocopa de 2008, mas ficou fora da Copa de 2010. Voltou à seleção e jogou a Eurocopa de 2012 e a Copa do Mundo de 2014. Esteve na seleção mais uma vez na Eurocopa 2016 e pensou em se aposentar da Azzura depois, mas foi convencido pelo técnico Giampiero Ventura a continuar. Segue no elenco da Itália e tem boas chances de ir à Copa de 2018. Allegri tinha razão quando o aconselhou há 17 anos.