O Al Ittihad sagrou-se hoje bicampeão da Liga dos Campeões da Ásia. A equipe derrotou em casa o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, por 4 a 2 e ratificou sua condição de melhor equipe do continente no momento. Com o título, o clube se classificou para a disputa do Mundial de Clubes no Japão e pode ser o adversário do São Paulo na semifinal.

A missão dos donos da casa ficou mais fácil logo aos dois minutos de jogo. Mohammed Kallon abriu o placar, esfriando os ânimos do Al Ain. Aos 33, em cabeçada de Mohammed Noor, a equipe ampliou a vantagem e pôs as mãos na taça. A partida de ida havia terminado com um empate por 1 a 1.

Shebab Ahmed deu alguma esperança ao Al Ain ao converter uma cobrança de pênalti aos dez da segunda etapa. Porém, a alegria durou pouco. Dois minutos depois, Joseph-Desire Job fez o terceiro do Al-Ittihad. O camaronês ainda seria expulso aos 32. Ahmed Dokhi fez o quarto, e a festa tomou conta do estádio. Nem mesmo o segundo gol do Al Ain, marcado por Luis Tejada, atrapalhou a comemoração.

O clube da Arábia Saudita aguarda a definição da Copa dos Campeões da África para conhecer seu rival na abertura do Mundial.