Eto'o  e os 20 minutos que realizaram o sonho de Nathan Thomas (Foto: Daily Mail)

A alegria de passar 20 minutos com o seu herói no rosto dessa criança

Nathan Thomas ganhou um Nintendo DS, versão avançada do gameboy, e começou a jogar FIFA 2009. Gostava do Barcelona e especialmente de Samuel Eto’o, um dos melhores jogadores disponíveis no videogame. Foi o suficiente para o camaronês tornar-se o herói do garotinho de 10 anos, que briga contra uma doença séria no fígado. Por isso, os 20 minutos que ele passou com o atacante do Chelsea certamente foram especiais.

Nathan não torce pelo clube de Londres, mas acompanhou a carreira de Eto’o na Espanha, na Itália e na Rússia. No último domingo, esteve em Stamford Bridge e viu o seu ídolo marcar três vezes no Manchester United. Por meio do programa Make a Wish e da Fundação Chelsea, marcou um encontro no Centro de Treinamentos de Surrey.

Ele chegou de limusine, acompanhado dos pais e do irmão de sete anos, Aiden, e assistiu às atividades do time principal antes de bater bola com Eto’o por uns 20 minutos. Recebeu uma dicas para cobrar pênaltis e depois sentou com o camaronês no chão para jogar conversa fora e ganhar autógrafos. A família foi convidada para ver a quarta rodada da Copa da Inglaterra, em Stamford Bridge, no próximo domingo.

Em entrevista ao Daily Mail, Eto’o lembrou-se de quando ficou oito horas esperando para ver o seu próprio herói Roger Milla, em 1990, e ganhou de presente um sorriso, um aceno e um par de meias. “Foi uma espera longa, mas eu o vi e fui a criança mais feliz do mundo. Não sei se olham para mim da mesma forma que eu olhava para Roger Milla. Se sim, quero que eles se lembrem de que tudo é possível”, disse. O sorriso de Nathan mostra que, sim, alguns deles sabem.