Pelé não quer manifestações populares durante a Copa do Mundo. Sua opinião é compartilhada por muitas pessoas, que admitem os problemas do país, mas não querem ver o torneio atrapalhado pelos protestos. Isso motivou a Anistia Internacional a produzir um vídeo com a violência da repressão policial aos movimentos.

Leia mais: Não vai ter Copa, pelo menos para 242 mil famílias que ainda não têm energia elétrica

A analogia é uma partida de futebol, entre policiais e manifestantes, na qual os homens da lei tentam se impor na porrada, bem parecido com o que acontece nas ruas. A organização lembra, em um frase, no seu canal no Youtube, o que nunca deveria ser esquecido em uma democracia: protestar, não importa qual evento esteja ocorrendo paralelamente, nunca é crime.

Você também pode se interessar por:

>>>> O time de ausentes da Copa convocado pela EA Sports dá um caldo

>>>> Corte de Donovan foi surpreendente, mas totalmente justificável

>>>> O Motörhead lançou camisetas para a Copa melhores que as do Iron Maiden