O Málaga perdia em casa para o Atlético de Madrid e tinha apenas três minutos, mais acréscimos, para reagir. Dá para entender a pressa e o desespero de Weligton quando ficou encurralado perto da marca de escanteio de seu próprio campo. Aí, o zagueiro brasileiro resolver ser criativo. Despencou no campo assim que Cristián Rodríguez se aproximou e, depois, tentou convencer a arbitragem que o meia uruguaio o havia agredido.

Menos mal que Weligton é jogador, porque mostoru ter pouquíssimo talento como ator. Ninguém cai em sua interpretação. Quer dizer, quase ninguém. Porque o árbitro José Antonio Teixeira Vitienes conseguiu ver falta na primeira interpretação do zagueiro.