Não há chave mais equilibrada nas Eliminatórias europeias do que o Grupo I. Os quatro primeiros colocados permanecem com chances enormes de conquistar a vaga direta à Copa do Mundo, separados por apenas dois pontos. E, neste domingo, a Islândia pode se considerar como a grande vencedora da rodada. Os nórdicos derrotaram a Croácia por 1 a 0, graças a um gol aos 45 do segundo tempo. Igualaram a pontuação dos croatas, até então invictos. Os islandeses aparecem atrás apenas pelo saldo de gols inferior.

Jogando diante de sua torcida em Reykjavík, a Islândia precisou perseverar. Em duelo equilibrado, o gol decisivo saiu apenas nos instantes finais, e com uma pitada de sorte. Gylfi Sigurdsson cobrou escanteio e o lateral Hördur Magnússon desviou meio sem querer, em cabeçada que espirrou e bateu em seu próprio ombro. A furada acabou dando certo e a bola encobriu o goleiro Lovre Kalinic para morrer dentro do gol. Valeu a celebração dos islandeses, conquistando três pontos fundamentais contra os favoritos da chave.

Nas outras partidas do Grupo I, Ucrânia e Turquia fizeram o esperado contra os sacos de pancadas. Os ucranianos bateram a Finlândia por 2 a 1 em Tampere, com tentos de Yevhen Konoplyanka e Artem Besyedin, enquanto Joel Pohjanpalo descontou. Já na Albânia, a Turquia goleou Kosovo por 4 a 1. Volkan Sen, Burak Yilmaz, Cengiz Ünder e Ozan Tufan ditaram o ritmo do passeio, com Amir Rrahmani fazendo o de honra dos anfitriões.

Croácia e Islândia ocupam as duas primeiras posições, com 13 pontos cada, enquanto Turquia e Ucrânia vêm logo atrás, ambas com 11. Já no saldo de gols, apenas os croatas possuem algum conforto, especialmente após os 6 a 0 sobre Kosovo fora de casa. Na próxima rodada, os líderes recebem justamente os kosovares, enquanto os islandeses vão tentar buscar os três pontos contra a Finlândia. O confronto direto fica por conta de Ucrânia e Turquia em Kharkiv.