Mais do que técnica ou tática, o resultado de Espanyol x Celta foi uma questão de determinação e ambição. Ou da ausência destas. Afinal, o time galego teve um jogador a mais por mais de uma hora de jogo e enfrentava um adversário em crise de identidade. E, mesmo assim, pouco fez para evitar a derrota para os catalães por 2 a 0.

O Espanyol chegou ao estádio Olímpic de Montjuïc, em Barcelona, tendo de conviver com uma mistura de crise e falta de autoconfiança natural em quem perdeu cinco das últimas seis partidas. Do outro lado, o Celta vinha com um retrospecto exatamente oposto, com cinco triunfos em seis rodadas. E, por isso, parecia firme na busca por um lugar na Liga dos Campeões, cuja zona de classificação está a apenas um ponto dos galegos.

Pois toda a expectativa prévia não foi confirmada. O Espanyol esteve bem armado, sempre disposto a mostrar um ânimo de quem ainda vive. Luís García se movimentava bastante no ataque, Frédson e Eduardo Costa ajudavam a dar solidez ao meio-campo, mas a estrela era Iván de la Peña. Foi o meia espanhol que criou a jogada pela esquerda, que culminou no gol de Tamudo.

Enquanto isso, as ações do Celta soavam algo insolentes, típicas de uma equipe que se considerava capaz de resolver a partida quando quisesse. Nem a expulsão do espanyolista Armando Sá, aos 28 minutos do primeiro tempo por falta violenta, ajudou a mudar o cenário. Mesmo com um homem a mais, os celestes da Galícia continuaram passivos diante de um elétrico Espanyol.

O segundo gol dos catalães, aos 37 minutos do primeiro tempo, foi um bom resumo de tudo isso. De la Peña fez uma bonita tabela com Luís García, aproveitou a falta de movimentação da defesa do Celta, limpou o lance e visualizou toda a jogada, mostrando porque um dia foi considerado a maio promessa do futebol espanhol. Restou ao meia rolar para Frédson, que bateu de primeira, na corrida. Pinto apenas observou a bola entrar em seu canto direito.

No segundo tempo, o Celta foi um pouco mais ousado. Ainda assim, as jogadas de Fernando Baiano e Canobbio foram estéreis, não ameaçando o gol de Gorka.

Com este resultado, o Espanyol foi a 30 pontos e ficou um pouco mais distante da zona de rebaixamento. O Celta segue com 45 unidades e pode perder posição para Sevilla e Villarreal neste domingo. A rodada deste sábado será completada com Deportivo La Coruña x Real Sociedad.