No último treino antes da viagem para San Marino, Luís Aragonés promoveu diversas mudanças na Espanha. Com relação à partida contra a Bélgica, o treinador mudou nada menos que cinco trocas.

Entraram no time titular Pablo, Sergio Ramos, De La Peña, Reyes e Villa, no lugares de Marchena, Michel Salgado, Xavi, Vicente e Joaquín. Com isso, a Espanha ganharia poder ofensivo, com um quarteto formado por Raúl, Fernando Torres, Reyes e Villa.

A Fúria está em segundo lugar no grupo 7, com 17 pontos, dois atrás da Sérvia-Montenegro. Para se classificar diretamente para a Copa, os espanhóis devem derrotar San Marino e torcer para que os líderes percam para Bósnia. Caso os sérvios empatem, os espanhóis devem golear por cinco ou mais gols de diferença.