Os árbitros espanhóis desistiram da ameaça de greve, programada para este fim de semana. A decisão foi tomada nesta sexta, como um voto de confiança às promessas feitas pela Liga de Futebol Profissional e pela federação espanhola.

A paralisação seria uma forma de pressionar as entidades para o pagamento de salários, atrasados há dois meses. Porém, os juízes mantiveram a idéia de que, caso os atrasos continuem, a greve seria inevitável.