Em um depoimento sobre o ato de racismo que sofreu no jogo contra o Mogi Mirim, Arouca e o Santos marcaram um golaço: um depoimento do camisa 5 do Santos falando sobre sua origem, o fato de ser negro e como isso o orgulha. O preconceito está em quem ainda acha que esse tipo de ofensa é “só uma brincadeira”, ou “faz parte do futebol”. Como bem disse Luís Felipe dos Santos no Impedimento, vivemos em uma sociedade por demais violenta para achar que esse tipo de coisa é só uma brincadeira em um momento de lazer.

O vídeo abaixo é uma boa sacada do Santos, que usa as redes sociais como poucos. Eis aí para você tirar suas conclusões: