O Arsenal obteve uma boa vantagem diante da Juventus, na partida de ida das quartas-de-final da Liga dos Campeões. Nesta terça, os Gunners derrotaram a equipe de Turim por 2 a 0 em Highbury. O Barcelona teve tudo para superar o Benfica em Lisboa, mas desperdiçou muitas chances e empatou sem gols. A rodada será completada nesta quarta com mais dois jogos: Lyon x Milan e Internazionale x Villarreal.

O Arsenal chegou com perigo duas vezes seguidas. Aos 15, Fabregas recebeu belo toque de calcanhar mas chutou sem direção. Dois minutos depois, Touré chutou de longe e Buffon defendeu. A partida se tornou mais equilibrada e a Juve passou a tocar a bola com mais calma. Porém, a defesa dos Gunners, atenta, tomava a bola dos pés dos bianconeri ainda na intermediária.

O Arsenal saiu na frente aos 39. Vieira perdeu a bola no campo de ataque para Pires. Henry tocou para Fabregas, que dominou e chutou no canto. Henry teve a chance de ampliar no minuto seguinte, mas bateu para fora. Após o intervalo, os Gunners deram trabalho para Buffon, mas o goleiro fez boas defesas. Mas ele não evitou o gol de Henry aos 23. Em rápido contra-ataque e uma bela troca de passes, Hleb tocou para Fabregas que, dentro da área, passou para o francês marcar.

Para completar o fraco desempenho da Juve, Camoranesi e Zebina foram expulsos. Vieira recebeu o terceiro amarelo e está suspenso para a volta no Delle Alpi. O Arsenal completou o sétimo jogo sem levar gols no torneio.

Benfica x Barcelona

Com a ausência de Puyol, suspenso, Frank Rijkaard preferiu escalar Thiago Motta na zaga ao lado de Oleguer. O time catalão começou melhor e teve uma ótima oportunidade aos sete. O goleiro Marcelo Moretto cometeu uma falta ao pegar um recuo com as mãos. O arqueiro se redimiu ao defender a cobrança de Ronaldinho.

Moretto quase entregou o ouro em outras duas chances. Eto’o ainda perdeu uma chance incrível ao bater para fora cara a cara com o goleiro. O Barça dominou no primeiro tempo, mas falhou demais nas finalizações.

Na segunda etapa, o time catalão continuou a pressionar. Larsson e Thiago Motta chegaram perto de abrir o placar, mas chutaram na trave. O Benfica reclamou de um pênalti aos 27, por um suposto toque de mão de Motta. O juiz mandou o lance seguir. A partida teve uma queda de rendimento a partir de então, sem grandes chances de perigo.

Confira os confrontos de ida das quartas-de-final da LC:

Terça, 28/março
Arsenal 2×0 Juventus
Benfica 0x0 Barcelona

Quarta, 29/março
Lyon x Milan
Internazionale x Villarreal