A Copa do Mundo de 2002 foi um torneio cheio de surpresas. Embora fosse impossível que a decisão fosse mais tradicional, com Brasil e Alemanha decidindo o título, as semifinais tiveram Coreia do Sul e Turquia, e vários gigantes foram eliminados precocemente ao longo daquele mês na Ásia. A primeira grande zebra apareceu logo no primeiro dia de competições. A abertura do Mundial da Coreia do Sul e do Japão foi entre a atual campeã França, cheia de craques e favorita ao caneco, contra Senegal, estreante e desconhecida. E quem ganhou foram os africanos. 

LEIA MAIS: As Copas em 30 de maio: Pelé anotou uma pérola na estreia, seu único gol no bicampeonato mundial

Senegal tinha algumas coisa a seu favor. Muitos dos seus atletas destacavam-se no futebol francês. O time havia sido vice-campeão da Copa Africana de Nações de 2001, e El-Hadji Diouf vencera o prêmio de Melhor Jogador Africano. Mas o outro lado tinha conquistado tanto a Copa do Mundo de 1998, quanto a Eurocopa de 2000. Zidane era desfalque, mas Barthez, Henry, Thuram, Petit, Trezeguet e outros cantaram a Marselhesa. 

E a França não jogou mal. Tony Sylva precisou fazer várias defesas e a trave explodiu duas vezes. Mas, no fim, o único gol da partida começou no icônico contra-ataque puxado por Diouf pela ponta esquerda. Petit e Barthez bateram cabeça, e Papa Bouba Diop, sentado, mandou para as redes. Senegal foi adiante na Copa de 2002, com uma campanha histórica que parou apenas nas quartas de final. E a toda favorita França nem passou da fase de grupos. 

*****

1962: Hungria 2 x 1 Inglaterra

Primeira rodada da fase de grupos
Estádio El Teniente, Rancagua (Chile)

Gols: Lajos Tichy e Flórián Albert (HUN); Ron Flowers (ING)

1970: México 0 x 0 União Soviética

Abertura da Copa do Mundo
Estádio Azteca, Cidade do México (México)

2002: França 0 x 1 Senegal

Abertura da Copa do Mundo
Estádio Seul World Cup, Seul (Coreia do Sul)

Gol: Papa Boupa Diop