O Liverpool venceu com tranquilidade o Newcastle neste sábado, em Anfield Road, por 2 a 0. O destaque do time foi o ataque, mais uma vez, com Mohamed Salah marcando seu 32º gol na temporada e uma boa atuação de Roberto Firmino e Sadio Mané, que fechou o placar no segundo tempo. Só que além da boa atuação do ataque, o time contou com uma exibição sólida da defesa, algo que nem sempre aconteceu nesta temporada (e em algumas anteriores).

LEIA TAMBÉM: Tottenham mantém boa fase com vitória sobre Huddersfield ao ritmo de Son

Um dos pontos importantes para que o time tenha mais segurança é, sem dúvida, a participação do holandês Virgil Van Dijk. O jogador foi contratado por uma pequena fortuna, mas era algo do Liverpool há algum tempo. O técnico Jürgen Klopp fazia questão de ter o zagueiro holandês, que era do Southampton, e entende-se agora a razão. Ele chegou de forma dominante e tem ajudado muito com seu bom posicionamento e tranquilidade para atuar na defesa.

Outro que merece destaque na partida é o goleiro alemão Loris Karius. Ele ganhou a posição de Simon Mignolet e teve que fazer uma defesa importante no jogo para manter a vantagem do Liverpool. Foi mais seguro do que o habitual, o que é motivo para elogios. Toda a defesa esteve bem: o jovem lateral Trent Alexander-Arnold; Dejan Lovren, ao lado de Van Dijk; e o lateral esquerdo Andrew Robertson. No meio-campo, o capitão Jordan Henderson esteve em campo ao lado de Emre Can e Alex Oxlade-Chamberlain.

Foi este último, contratado junto ao Arsenal, que teve participação importante no primeiro tempo. Ele arrancou com a bola até fazer o passe no momento certo para Salah, dentro da área, finalizar desmarcado. Com a fase do egípcio, até bem marcado ele é capaz de decidir. Desmarcado então… 1 a 0 para os Reds.

O segundo gol veio já no segundo tempo, aos 10 minutos. Em uma jogada pelo meio, Roberto Firmino recebeu e fez as vezes de camisa 10: tocou para Mané, que invadiu a área, mesmo perseguido pela marcação, e finalizou sem chances de defesa: 2 a 0.

O jogo estava controlado. Ao contrário do que já vimos outras vezes na temporada, o Liverpool não correu riscos, não passou aquele sufoco nas bolas altas. Virgil Van Dijk foi oi ojogador que mais venceu disputas pelo alto na partida, seis vezes. O Liverpool pagou caro, mas ao menos parece que sabia pelo que estava pagando. A defesa do time é outra com o holandês.

Na tabela da Premier League, o Liverpool chega a 60 pontos, longe do Manchester City, mas bem seguro entre os quatro primeiros por enquanto. E Salah igualou Harry Kane em gols na liga, com 24. Os dois são seguidos de peto por Sergio Agüero, do Manchester City, que tem 21. A disputa pela artilharia ainda deve ter bons capítulos pela frente – já que a disputa do título sabemos que não terá muita disputa.