O Sporting Kansas City é o novo campeão da Major League Soccer. Com o estádio lotado para a decisão, os Wizards fizeram uma final tensa contra o Real Salt Lake.  Durante o tempo regulamentar, tiveram que buscar o prejuízo no placar. Depois que Álvaro Saborio deixou os visitantes na frente, Aurelien Collin salvou os anfitriões. E nem a prorrogação tirou a igualdade do placar, levando a decisão para os pênaltis.

Fim da agonia? Pelo contrário. Foram 20 cobranças até que a torcida pudesse soltar o grito da garganta. E a falta de competência entre os batedores dos dois lados impressionou. Nomes tarimbados, com Saborio e Graham Zusi, não balançaram as redes. Os goleiros também fizeram seu trabalho, com três chutes defendidos, mas os erros de pontaria foram mais preponderantes. Por fim, Lovel Palmer perdeu a chance derradeira para o Real Salt Lake e confirmou o triunfo do Sporting por 7 a 6.

E a comemoração pela conquista foi gigantesca. Tanto é que o goleiro Jimmy Nielsen, capitão do KC e herói ao defender duas cobranças, ganhou o direito até de pichar o Sporting Park. Onde estava escrito ‘Campeões da MLS Cup de 2000’, o dinamarquês adicionou também 2013. Nada mais justo para alegrar uma torcida que levou Chewbacca e Super Mario para as arquibancadas na mesma ocasião (veja as fotos abaixo, assim como o vídeo das penalidades).

Ba7Z4LUCAAAw9EC

MLS Cup Soccer

MLS Real Salt Lake Sporting KC Soccer

2013 MLS Cup