O Atlético Mineiro ainda esperará mais duas semanas para começar a defender seu título da Libertadores, em estreia marcada para 11 de fevereiro.  No entanto, se os alvinegros quiserem mesmo o bicampeonato, seu empenho deve ter começado nesta terça. Monarcas Morelia e Independiente Santa Fe fizeram o primeiro confronto para definir quem será o quarto componente do Grupo 4. Certamente o maior desafio do Galo no início da caminhada, por mais que o venezuelano Zamora e o paraguaio Nacional venham taxados como campeões.

>>> É chegada a hora: Guia da pré (ou primeira fase) da Libertadores

Mexicanos e colombianos fizeram um bom embate no Estádio Morelos. Os Monarcas foram melhores durante a maior parte do tempo, fazendo por merecer a vitória por 2 a 1. Só que, tanto quanto a superioridade dos anfitriões, também chamou a atenção a qualidade do jogo exibida pelos dois lados. As defesas não ajudaram muito, é verdade, mas o placar só não foi mais amplo graças aos goleiros Camilo Vargas e Carlos Rodríguez – que, embora tenha falhado no gol do Santa Fe, chegou a defender um pênalti minutos antes.

Por seu lado, o Morelia demonstrou possuir um ataque muito perigoso nas jogadas em velocidade. Jefferson Montero é um perigo constante pelo lado esquerdo, enquanto Hector Mancilla e Duvier Riascos também se movimentaram bastante para abrirem brechas na defesa colombiana. Até mesmo Armando Zamorano, garoto que precisou sair do banco logo no primeiro tempo, deu conta do recado ao anotar um lindo tento para ampliar o placar.

Pelo Santa Fe, o nome foi Omar Pérez, que perdeu um pênalti, mas se redimiu ao fazer de falta. O homem da bola parada ditou o ritmo do time, que ocupa bem as laterais. Na frente, Wilder Medina foi a referência solitária e, primando pelo posicionamento e pela agilidade, que exigiu as melhores defesas do goleiro rival. Já a entrada do atacante Jefferson Cuero no lugar de um zagueiro renovou o ímpeto do time para o segundo tempo.

O resultado é bom e ruim para os dois lados ao mesmo tempo. O Morelia venceu, mas permitiu um gol em casa no final. Já o Independiente Santa Fe saiu derrotado, é verdade, mas com o tento que lhe dá a chance de fazer o simples na próxima semana, em Bogotá. Só um sobreviverá rumo à próxima fase. E já até pode se planejar para ir além, com as chances de chegar às oitavas de final bastante palpáveis.