Diego Ribas reestreou no Atlético de Madrid com gol. Time é líder (AP Photo/Andres Kudacki)

A trinca de Diegos do Atlético leva os Colchoneros à liderança pela primeira vez desde 1996

O Atlético de Madrid não perdeu a chance desta vez. O Barcelona tropeçou no sábado ao perder do Valencia e os Colchoneros poderiam, pela primeira vez na temporada, chegar à ponta. O time de Simeone não decepcionou. Foi uma atuação de gala contra a Real Sociedad, com direito a gol do estreante brasileiro Diego, além de gol de Diego Costa, e uma vitória incontestável por 4 a 0. Três Diegos foram personagens desse jogo. Diego Simeone, o técnico, mostra que montou um time realmente muito forte. Diego Costa, o artilheiro, teve uma ótima atuação, deu passe para gol e marcou outro. E Diego, o brasileiro, ex-Santos e Wolfsburg, que voltou ao time da capital da espanhola marcando um gol logo no seu primeiro jogo. A trinca de Diegos dá a pinta: o título pode ficar em Madri, mas não com o Real. Não é mais uma possibilidade remota. O time é líder do Campeonato Espanhol.

O elenco não é estelar como Real Madrid ou Barcelona, mas é consistente e tem jogadores rendendo bem, mesmo no banco. O que Simeone faz com esse time é notável, com uma equipe trabalhadora, forte na marcação, rápida e mortal no ataque. Diego Costa segue sendo um grande destaque do time. Chegou a 19 gols com a bola na rede deste domingo. Está atrás apenas de Cristiano Ronaldo, que tem 22. David Villa marcou um gol e teve que sair, machucado. Diego voltou à equipe de Madri com um gol no segundo tempo, quando entrou no lugar de José Sosa – ambas contratações da janela de inverno.

Havia muitas dúvidas sobre a capacidade do Atlético em seguir brigando pelo título, depois do excelente início de temporada. Uma hora o desempenho vai cair, era o que se imaginava. Mas o desempenho continua bom, o time continua vencendo, e já são 18 vitórias em 22 jogos. É o time que menos perdeu no campeonato e a melhor defesa, com 14 gols sofridos (o Barcelona sofreu 16 e o Real Madrid 22). É o terceiro melhor ataque, 56 gols, três a menos que o Barcelona e cinco atrás do Real Madrid.

Os sinais estão todos aí. O Real Madrid também tropeçou, em um empate com o Athletic Bilbao por 1 a 1. São 57 pontos, três a mais que o vice-líder Barcelona e o terceiro colocado Real Madrid, que têm 54. O Athletic Bilbao está bem atrás, com 43. A briga pelo título será bastante acirrada, mas o Atlético já cansou de dar sinais que é candidato. A liderança do Campeonato Espanhol pela primeira vez desde 1996 é só mais um sinal do time de Simeone: isso aqui não é brincadeira.