Giuseppe Rossi terá uma nova chance para a sua carreira. Sem jogar desde o meio do ano, após o fim do seu empréstimo ao Celta e o fim do seu contrato com a Fiorentina, ele rejeitou continuar no clube espanhol e está sem clube desde então. Foi anunciado nesta quarta-feira pelo Genoa, onde terá mais uma chance de relançar a sua carreira, aos 30 anos de idade.

LEIA TAMBÉM: Não dá para saber se o Milan ganhou um grande técnico, mas todos ganhamos um grande personagem com Gattuso

Um dos jogadores com mais potencial do futebol italiano na última década nunca decolou. Nascido em Nova York, filho de pais italianos que imigraram para os Estados Unidos, Giuseppe Rossi jogou nas categorias de base do Parma desde os 12 anos e, aos 17, foi para o Manchester United, onde se profissionalizou.

Não conseguiu se firmar por lá e foi emprestado a Newcastle, de agosto a dezembro de 2006, e Parma, e de janeiro a junho de 2007. Vendido por algo em torno de € 10 milhões ao Villarreal, em julho de 2007, se tornou o jogador que todos conhecemos. Até que as lesões complicaram sua carreira.

A primeira lesão grave do atacante foi na temporada 2007/08, quando lesionou o menisco. Foram 42 dias afastado, entre novembro e dezembro de 2007. Em 2011/12, sofreu uma lesão ainda mais grave: ruptura de ligamento cruzado, que o afastou dos gramados por mais de um ano. Foram 557 dias afastado por lesão, de 27 de outubro de 2011 a 6 de maio de 2013.

Voltou a ter uma lesão dessa mesma gravidade, ligamento cruzado anterior, em janeiro de 2014. Uma lesão que o deixou mais longe da Copa, apesar de ter voltado na reta final da temporada, em maio daquele ano. Em agosto de 2014, nova lesão: desta vez, uma fissura ligamentar intra-articular. Só voltou em abril de 2015.

Depois de mais uma lesão em abril de 2015, com fatiga muscular, ficou fora de abril a junho de 2015 – sim, logo quando voltou da lesão de ligamento. Em abril de 2017, sofreu uma nova ruptura de ligamento cruzado e só se recuperou plenamente em outubro. Por tudo isso é que as desconfianças pairam sobre ele.

“Eu estou bem, estou feliz. Eu quero dizer olá para os torcedores do Genoa”, afirmou Rossi à Sky Sport Italia ao desembarcar em Milão. “Fiorentina x Genoa no dia 17 de dezembro? Será um grande jogo”, disse, respondendo sobre a partida contra o seu ex-clube.

Segundo o Calciomercato, o jogador vai até Gênova para fazer os exames médicos. Em seguida, deve fazer a sua estreia contra o Verona, na segunda-feira, vindo do banco de reservas. O Premium Sport diz que o contrato do atacante com o Genoa será até o fim da temporada.