Neymar, do Brasil, e Benzema, da França: os favoritos que foram bem na data Fifa (Fotos: AP)

[Balanço] A maior parte dos favoritos decepcionou, mas França e Brasil mostraram força

No último amistoso antes da convocação para a Copa do Mundo, os grandes favoritos apresentaram um futebol pobre. A exceção foi o Brasil, que, também é preciso dizer, enfrentou um adversário muito mais fraco. De qualquer forma, fez o seu papel e passou por cima dos sul-africanos. A França foi outra das grandes seleções que conseguiu um grande resultado ao vencer a Holanda. No mais, os times favoritos não foram tão bem. A Espanha venceu a Itália, mas nem jogou tão bem assim. Alemanha e Espanha venceram, mas passaram longe de convencer. A Argentina não saiu de um empate sem graça com a Romênia. Confira o que de mais importante aconteceu na quarta:

O jogão

França 2×0 Holanda

Frank Ribéry é o destaque da França, que vem jogando bem nos últimos jogos

Frank Ribéry é o destaque da França, que vem jogando bem nos últimos jogos

Entre as campeãs do mundo, a França é das menos cotadas ao lado do Uruguai. Mas a sua atuação diante da sempre forte Holanda, finalista da Copa de 2010, deixou a impressão que os Bleus chegam com força para a Copa do Mundo no Brasil. Escrevemos que a França não está recebendo a atenção que merece às vésperas da Copa. Considerando o histórico brasileiro contra os franceses, é bom tomar cuidado…

O clássico

Espanha 1×0 Itália

 

Pedro marcou o gol da vitória da Espanha sobre a Itália (AP Photo/Andres Kudacki)

Pedro marcou o gol da vitória da Espanha sobre a Itália (AP Photo/Andres Kudacki)

O duelo entre as seleções campeãs do mundo foi muito fraco, como relatamos aqui. Os dois times ficaram devendo em atuação, ainda que a Espanha tenha dominado completamente a Itália. Mas, como sempre, sofreu com a falta de eficiência ofensiva, algo que nem mesmo Diego Costa foi capaz de melhorar. A Itália, muito modificada, nem pode ser muito cobrada, mas quem foi a campo não deixou uma boa impressão. Mas na Copa, as duas seleções serão muito diferentes.

A decepção

Romênia 0x0 Argentina

Uma das favoritas ao título no Brasil pelo time que tem e por ser a equipe do craque Lionel Messi, a Argentina teve uma atuação bem abaixo do esperado contra os romenos. Pouco conseguiu fazer, pouco criou e teve um empate bem sem graça e sem gols e o relato do jogo está aqui.

O susto

Alemanha 1×0 Chile

Vidal, do Chile: sul-americanos deram trabalho à Alemanha (Foto: AP)

Vidal, do Chile: sul-americanos deram trabalho à Alemanha (Foto: AP)

A Alemanha é sempre forte como camisa, mas seu favoritismo para a Copa do Mundo se dá principalmente pelo futebol. Só que o jogo desta quarta-feira pode deixar alguns alemães com o cabelo em pé, porque a seleção sofreu nas mãos do Chile, que foi melhor na maior parte do jogo. Faltou a eficiência ofensiva, mas certamente o time sul-americano causou uma boa impressão – e Espanha e Holanda, seus adversários no grupo da Copa, que se cuidem.

O golaço

Blaise Matuidi
França 2×0 Holanda

O volante do Paris Saint-Germain foi responsável por um gol acrobático, que lembrou muito um companheiro de time do meio-campista, o sueco Zlatan Ibrahimovic. O cruzamento de Valbuena veio um pouco mais para trás do que estava Matuidi, mas ele acertou um chute improvável, um voleio, por assim dizer, e definiu a vitória francesa.

O gol perdido

Christian Benteke
Bélgica 2×2 Costa do Marfim

Benteke tem sido destaque do Aston Villa e esteve em campo contra a Costa do Marfim. Só que ele não fez jus à camisa 9 que vestia e perdeu um gol 7,9 na escala Deivid. Confira aí:

O tropeço

Bósnia 0x2 Egito

Classificada para a sua primeira Copa do Mundo, o time de Dzeko e Misimovic não foi capaz de vencer o time africano, mesmo jogando em casa. Se a Bósnia vive um momento de alegria pela classificação à sua primeira Copa, o Egito vive algo que se acostumou nos últimos anos e remói a sua ausência do Mundial mais uma vez. Mesmo assim, saiu com a vitória

O artilheiro

Daniel Sturridge
Inglaterra 1×0 Dinamarca

Não foi assim um grande jogo, mas a Inglaterra conseguiu um bom futebol, apesar da vitória suada. Emular o sistema de jogo do Liverpool ajudou e um destaque dos Reds decidiu o jogo: Daniel Sturridge, que vestiu a camisa 9, foi o autor do gol que levou o time à vitória – bem ajudado por Lallana, é verdade, que fez a jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do centroavante. Contando jogos por clube e seleção na temporada, Sturridge fez 26 partidas e marcou 22 gols. Uma marca para lá de impressionante.

A virada

Austrália 3×4 Equador

Depois de sair perdendo por 3 a 0, os equatorianos conseguiram uma virada espetacular mesmo jogando fora de casa. O técnico fez cinco alterações no intervalo para conseguir o feito, em um jogo que Tim Cahill, da Austrália, alcançou o posto de maior goleador da seleção, graças aos dois gols que marcou. Fidel Martínez, Segundo Castillo, Enner Valencia e Edinson Mendez fizeram os gols da virada, que veio só nos acréscimos.

O cara

Cristiano Ronaldo
Portugal 5×1 Camarões

Cristiano Ronaldo foi destaque mais uma vez de Portugal (Foto: AP)

Cristiano Ronaldo foi destaque mais uma vez de Portugal (Foto: AP)

O melhor do mundo conseguiu marcar dois gols contra os africanos e ultrapassou Pauleta para se tornar o maior artilheiro da história da seleção portuguesa, com 49 gols, contra 47 do ex-recordista. A média de Pauleta ainda é melhor, com 0,53 gol por jogo contra 0,45 de Cristiano Ronaldo, mas mesmo isso tende a mudar com a veia goleadora do camisa 7, que tem 29 anos e muita lenha para queimar como jogador da seleção portuguesa.

A goleada

África do Sul 0x5 Brasil

Fernandinho: golaço e vaga na Copa? (Foto: Mowa Press)

Fernandinho: golaço e vaga na Copa? (Foto: Mowa Press)

Com direito a três gols de Neymar, o Brasil passou como quis pela fraca África do Sul em Joanesburgo. O atacante do Barcelona foi o destaque, mas quem saiu de campo bem feliz foi Fernandinho, que marcou um golaço e ainda deixou uma boa impressão, o que pode lhe render um lugar entre os 23 convocados para a Copa do Mundo. Mas muito mais importante do que o jogo foi o que fez Neymar com o garotinho sul-africano. O gol de Fernandinho você pode ver abaixo: