Vender Luis Suárez era inevitável. Não havia como negar uma proposta de € 81 milhões (embora o Barcelona diga que foi menos, provavelmente por motivos não muito nobres). Repor um atacante tão letal quanto foi o uruguaio na temporada passada, com 31 gols em 37 jogos, é uma missão praticamente impossível. Ninguém pode garantir um desempenho tão alto. Quando o Liverpool vai atrás de Balotelli, sabe que ele não está entre os maiores atacantes do mundo atualmente, como Falcao, Ibrahimovic, Cavani ou Benzema. Mas Balotelli é um jogador de 24 anos capaz de marcar um bom número de gols. Mais do que isso, é capaz de trazer ao Liverpool a dose de loucura que um trabalho metódico e ponderado como o de Brendan Rodgers perdeu com a saída de Suárez.

LEIA TAMBÉM: Mignolet foi o super-herói da suada vitória do Liverpool sobre o Southampton

Balotelli é o tipo de jogador capaz de gols espetaculares, lances geniais e loucuras inexplicáveis, assim como Suárez. A inconstância é um problema sério do italiano, que teve um desempenho apenas razoável no Milan. Na temporada 2013/14, foram 41 jogos e 18 gols e oito assistências. Na temporada anterior, 2012/13, quando defendeu o Manchester City na primeira metade e o Milan na segunda, foram 33 jogos, 15 gols e sete assistências.

Números que não impressionam se pensarmos nos que Daniel Sturridge tem, por exemplo. Na temporada 2013/14, Sturridge fez 33 jogos e marcou 25 gols, além de nove assistências. Desde que chegou ao Liverpool, em janeiro de 2013, Sturridge fez 49 jogos, marcou 36 gols e fez 14 assistências. Formou uma dupla de frente mortal com Suárez e garantiu o seu lugar como titular da Inglaterra na Copa.

Apesar dos problemas, Balotelli é um jogador que faz regularmente 15 gols ou mais nas últimas temporadas. Em 2011/12 fez 17 em 32 jogos, em 2010/11 fez 10 em 28 jogos, em 2009/10 fez 11 gols em 40 jogos, em 2008/09 fez 10 em 31 jogos e em 2007/08 fez 7 gols, mas só fez 15 jogos. Se Balotelli não é um voraz artilheiro, é um jogador que marca gols com frequência e tem números bastante razoáveis. Em um time mais ajeitado como o Liverpool, ainda mais em comparação com o Milan, um time cada vez mais fraco.

Balotelli não morde ninguém, mas posta foto com o Super Mario do videogame, cola figurinhas com seu rosto no time inteiro da Itália no álbum da Copa, é punido por fumar no trem, pede estátua de si mesmo a um artista e até ajuda a explicar Manaus. Balotelli é um maluco beleza, é um cara que criará histórias em Liverpool como criou em Manchester, movimentará a torcida, chamará manchetes (nem todas positivas) e será uma atração em campo.

O Liverpool terá uma grande estrela e um ótimo jogador. Tudo isso por € 20 milhões, mesmo valor que a Juventus pagou por Álvaro Morata, por exemplo, ou que o Manchester United gastou para contratar Marcos Rojo. É o mesmo valor também que o Borussia Dortmund pagou por Ciro Immobile, artilheiro do Campeonato Italiano. Porque Balotelli não é só um jogador, não acrescenta só em campo. Balotelli jamais será explicado só por números.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM: 

– O Guia Corneteiro da Premier League 2014/15

– Torcedores vão às ruas por ingressos mais baratos na Premier League

– Aqui estão os uniformes de todos os 20 times da Premier League para esta temporada