Nem a tranqüila diferença de onze pontos em cima do Real Madrid deixa o Barcelona com a sensação que o campeonato espanhol já esteja decidido. Tanto que para a partida contra o Getafe nesta terça, pela 29ª rodada do torneio, Frank Rijkaard não admite um relaxamento dos seus jogadores na reta final da disputa.

O triunfo sobre a Real Sociedad, aliado aos tropeços do Real Madrid com o Betis e do Valencia com o Racing Santander, deixou o time catalão em situação bastante confortável na tabela. A dez jogos do fim, o Barça está firme rumo ao bicampeonato nacional: a equipe possui 64 pontos e os rivais possuem jogos complicados no meio da semana. Porém, a vantagem não ilude o treinador holandês.

“O que significa dizer que a Liga está ganha? Que podemos entrar em campo relaxados? Que agora já podemos trabalhar menos? Não, porque acima de tudo está a filosofia deste clube, que é a de seguir cumprindo com o trabalho e dando uma boa imagem para deixar nossa torcida feliz”, afirmou Rijkaard.

Apesar de reconhecer que a vantagem na liderança é grande, o treinador está cauteloso. “Qualquer equipe pode complicar nossa vida. Por isso não importa os pontos que temos à frente dos concorrentes. Temos que seguir com esta mesma mentalidade para seguirmos ganhando”, analisou.

Para evitar uma possível surpresa do Getafe (11º, 37 pontos), Rijkaard não contará com Larsson. O sueco sentiu algumas dores durante a partida contra a Real Sociedad e será poupado. Para o lugar dele, foi chamado Maxi López. Rafa Márquez e Edmílson, machucados, estão fora. O técnico recorreu a Sergio Rodríguez, da equipe de juniores, como opção para a zaga. Thiago Motta volta ao time após cumprir suspensão. Se marcar nesta terça, Eto’o marcaria seu centésimo gol no campeonato espanhol.

O Real Madrid (2º, 53 pontos) reencontra-se na quarta com o Zaragoza (10º, 39), carrasco do time merengue nas semifinais da Copa do Rei. No mesmo estádio La Romareda, a equipe da capital sofreu uma goleada por 6 a 1 em fevereiro. Guti, suspenso, e Raúl Bravo, com dores musculares, ficam de fora da equipe. Na defesa, Mejía tem chances de ser titular. Robinho, Júlio Baptista e Ronaldo também começariam entre os onze, mas para dar um descanso a Zidane, Raúl e Cassano.

O Valencia (3º, 52 pontos) recebe o Villareal (7º, 44) na quarta preparado para uma espécie de ‘final’. A derrota para o Racing Santander no fim de semana complicou a situação da equipe, há um mês sem vencer.

Em quarto, o Osasuna (52 pontos) enfrenta a Real Sociedad (16º, 28) de olho nos rivais. Um novo deslize de Real Madrid e Valencia daria condições para o time pular para a vice-liderança. O time conta com o ótimo desempenho quando atua em casa. No estádio Reyno de Navarra, o clube conquistou 32 pontos de 42 possíveis, a segunda melhor campanha do torneio.

Confira os jogos deste meio de semana pela 29ª rodada do campeonato espanhol:

Terça, 21/março
Barcelona x Getafe (17:00, Bandeirantes, ESPN Brasil)

Quarta, 22/março
Athletic Bilbao x Espanyol
Alavés x Celta
La Coruña x Málaga
Mallorca x Cádiz
Osasuna x Real Sociedad
Betis x Racing Santander
Valencia x Villarreal
Zaragoza x Real Madrid (17:00, Bandeirantes, ESPN Internacional)

Quinta, 23/março
Atlético de Madrid x Sevilla (18:00, ESPN Internacional)