O Benfica anunciou a contratação de Bebê, que estava no Paços de Ferreira, por um valor próximo a € 3 milhões. É aquele mesmo jogador que foi contratado, em 2010, por € 8,8 milhões. Um valor alto para quem sequer tinha jogado. As passagens por Besiktas e Rio Ave deram a impressão que o jogador era uma bomba, não um talento. Só que o último dos empréstimos, no Paços de Ferreira, mudou um pouco como o jogador é visto e o Benfica resolveu apostar nele.

LEIA TAMBÉM: Os causos de Bebê, o craque sem teto levado pelo United

Na última temporada, Bebê entrou em campo 39 vezes. Marcou 14 gols, fez duas assistências e foi importante para ajudar o clube, que vinha de uma grande temporada no ano anterior, chegando até à fase preliminar da Liga dos Campeões. Bebê chegou depois que o time já tinha caído para a Liga Europa.

O time acabou em 15º no Campeonato Português, ou penúltimo colocado. Para seguir na primeira divisão, precisou jogar um playoff com o Deportivo Aves. Depois de um empate por 0 a 0 no jogo de ida, o Paços de Ferreira venceu por 3 a 1, com um dos gols justamente de Bebê, o primeiro da vitória. Seus gols na fase final foram essenciais ao time. Dos seus 14 gols na temporada, 11 foram marcados em 2014, a segunda metade do campeonato. E, por isso, ele foi tão importante.

LEIA TAMBÉM: Bebê: das ruas para Old Trafford

“Estou muito contente por ter chegado a Lisboa e assinado pelo Benfica. Já vem de há muito tempo esta vontade de jogar pelo Benfica, e agora que surge a oportunidade. Não poderia estar mais feliz. É um clube grande, com uma dimensão muito forte. É importante porque também sou do Benfica”, disse o jogador à Benfica TV, canal do clube. “Tenho uma motivação muito grande. Muitos já passaram pelas mãos do técnico Jesus, cresceram e agora estão em grandes clubes. Espero crescer agora poder melhorar com ele e ajudar o Benfica a conquistar títulos”, afirmou ainda o jogador.

“Sinto-me preparado para qualquer coisa que me possam pedir ou exigir, estou ansioso por começar a treinar e a jogar pelo Benfica. Sou muito rápido e chuto bem, tanto com o pé esquerdo como com o direito. É aquilo que tenho de mais forte”, explicou o atacante ao falar sobre o que podem esperar dele.

Bebê está longe de ser o jogador tão promissor que o Manchester United acreditava ter contratado. Um caso muito estranho, como falamos na época. Se ele pareceu, nos últimos anos, ser apenas mais um perna de pau por aí, aparentemente ele deu a volta nessa impressão e pode ser um jogador útil no Benfica. Será reserva, mas terá a missão de substituir Rodrigo, que foi para o Valencia. E terá mais uma chance em um clube de tradição e camisa, desta vez do seu país. Agora vai?

VOCÊ PODE SE INTERESSAR TAMBÉM: