VEJA TAMBÉM: Alemanha anulou o melhor da França para ir às semifinais

FRANÇA

Lloris – 6

Fez duas defesas no jogo, mas nenhuma delas tão difícil. Deu segurança ao time nas saídas do gol e soube fazer a cobertura dos seus zagueiros nas poucas vezes que foi exigido.

Debuchy – 6

Atuou mais defensivamente, cumpriu o seu papel. Fez cinco desarmes, mostrou bom posicionamento, mas não conseguiu ser uma opção no lado direito ofensivo do time, como foi em outros jogos fazendo uma parceria com Pogba e Valbuena.

Varane – 5,5

Falhou no primeiro gol da Alemanha, quando foi inocente na marcação de Hummels. No mais, conseguiu ir bem no jogo, com atuação segura.

Sakho – 6

Fez uma boa partida defensivamente, embora tenha errado em um lance que levou a um ataque perigoso da Alemanha. No mais, seguro pelo alto e na marcação do ataque alemão.

(Koscielny) – 5,5

Deu algum espaço em ataques alemães, embora tenha cumprido bem o seu papel na maior parte do tempo.

Evra – 6

Esteve bem em grande parte do tempo, com uma atuação mais defensiva. Foi importante na composição defensiva, embora no segundo tempo tenha dado mais espaço ao time alemão e errou uma linha de impedimento, que quase resultou em gol.

Pogba – 5,5

Esteve bem abaixo do que vinha atuando. A marcação alemã esteve bem posicionada contra um dos principais jogadores franceses, o que dificultou a sua atuação por ali. Apareceu pouco para o jogo no segundo tempo.

Cabaye – 6,5

Desarmou pelo meio e fez alguns bons passes no campo de ataque, nas poucas vezes que subiu. Esteve mais fixo para manter o equilíbrio defensivo. Quando deixou o campo, era o jogador que mais passes tinha feito.

(Remy) – 5,5

Pouco conseguiu fazer no tempo que esteve em campo. Era para ser uma força de ataque pelo lado direito, mas pouco tocou na bola. Não teve muito tempo para mudar o cenário do jogo.

Matuidi – 6

Se esforçou, mas assim como boa parte do time francês, ficou nervoso quando o tempo começou a passar no segundo tempo e errou muitos passes. Não teve a mesma força de chegada ao ataque que em jogos anteriores.

Valbuena – 6

Ele tentou, fez bons passes, mas não conseguiu ser o jogador insinuante pelo lado direito, como foi nas outras partidas. Desta vez, tentou cair mais pelo meio e ajudar na armação das jogadas, mas foi mais esforço do que qualidade.

(Giroud) – Sem nota

Entrou já aos 40 minutos do segundo tempo para tentar o empate no desespero. Sem nota.

Benzema – 6,5

Na maior parte do jogo, ficou muito isolado, muito por que o meio-campo do time ficou travado. Foi quem mais chutou no jogo, sete vezes, mas foi bloqueado na maioria deles. Chegou a assustar no primeiro tempo, teve uma chance no segundo, mas foi bem marcado na maior parte do tempo por Hummels. No último lance, teve uma chance, mas Neuer defendeu bem.

Griezmann – 5,5

Esteve bem abaixo do seu jogo anterior, contra a Nigéria.  Não conseguiu dar velocidade aos lances, embora tenha puxado alguns contra-ataques. Segurou muito a bola, o que impediu que os contra-ataques franceses de serem mais eficientes.

VEJA TAMBÉM: Hummels fez o único gol do jogo, mas ele decidiu de verdade atrás

ALEMANHA

Neuer – 7

Não foi tão exigido como líber como foi contra a Argélia, mas esteve bem posicionado e fez defesas importantes quando foi exigido, especialmente no último lance do jogo, quando defendeu um chute de Benzema.

Lahm – 7

Como lateral, deu muito mais consistência para o time da Alemanha. Mais seguro, foi bem na marcação de Griezmann, o que ajudou muito na quebra de jogadas do time francês. Arrumou aquele lado da defesa e deve ser mantido por ali.

Boateng – 6,5

Foi bem na maior parte do jogo, defendendo bem as bolas aéreas e não dando muito espaço para Benzema, o principal atacante francês.

Hummels – 8

Grande atuação do zagueiro. Fez o gol da vitória subindo muito bem ao ataque e, especialmente, foi muito bem na defesa, fazendo bloqueios em ataques franceses e sempre muito perto de Benzema. Foi o melhor do jogo.

Höwedes – 7,5

Foi o jogador com mais desarmes no jogo, com nove. Ao contrário dos outros jogos, que não foi bem na marcação, desta vez atuou bem postado atrás, sem subir ao ataque e fechando os espaços.

Schweinsteiger – 6,5

Esteve bem na marcação, dando pouco espaço para os principais meio-campistas franceses, especialmente Pogba. Ficou mais preso na marcação em boa parte do jogo e foi muito bem. Deu saída de bola ao time, como tem qualidade.

Khedira – 6

Cumpriu o seu papel razoavelmente bem, sem muitos problemas. Ficou mais preso na marcação, o que deu bom equilíbrio no setor.

Özil – 5

Não esteve nos seus melhores dias. Perdeu a chance de finalizar algumas vezes e ajudou o time a manter a posse de bola, mas seus passes foram mais de lado do que em profundidade. Deixou o campo no segundo tempo, já cansado.

(Götze) –Sem nota

Entrou muito no final, já aos 38 minutos do segundo tempo, quando não havia muito tempo para mudar o jogo.

Kroos – 7

Foi bem na partida, com seus passes como principal característica. Foi ele quem cruzou a bola para a área no gol de Hummels. Deu cadência ao time, o que ajudou a segurar o jogo na maior parte do jogo.

(Kramer) – Sem nota

Entrou já nos acréscimos da partida, sem tempo para influenciar no jogo.

Müller – 6,5

É um jogador que se movimenta muito, busca muito o jogo e dá opções ao time. Atuou pelo lado direito, lado esquerdo e pelo centro do ataque alemão. Curiosamente, fez cinco faltas, um número alto parta um atacante.

Klose – 5,5

Com ele em campo, a Alemanha ganha em referência e taticamente é importante. Mas recebeu poucas vezes a bola e não conseguiu finalizar, que é a sua finalidade em campo. Foi substituído no segundo tempo, cansado.

(Schürrle) – 5

Teve uma grande chance no segundo tempo e finalizou com displicência, batendo mal e perdendo a oportunidade de matar o jogo. Se dependesse dele, o time não tinha decidido o jogo.

ÁRBITRO

Nestor Pitana – 5,5

Deixou de dar algumas faltas e em alguns momentos pareceu ficar indeciso nos lances, mas no geral tomou as decisões certas e não interferiu no jogo, o que é mais importante.


Alemanha e França decidem uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo. Um grande clássico para o Maracanã. Quem passar pega o vencedor de Brasil x Colômbia