Disputar o título italiano com a Juventus atual não é fácil, mas o Napoli segue vencendo seguidamente e mantendo a liderança na tabela. Neste sábado, a vítima foi a Lazio, que conseguiu sair em vantagem, mas viu os napolitanos transformarem o San Paolo em uma avenida e fazer um jogo digno de nota 10 neste carnaval.

LEIA TAMBÉM: Apesar dos € 62 milhões gastos com centroavantes, Cutrone, da base, é quem se destaca no Milan

O técnico Maurizio Sarri reclamou há alguns dias sobre a Juventus jogar antes na rodada – os bianconeri jogaram na sexta, por causa da partida da Champions League – e como os rivais venceram, o time entrou em campo precisando vencer também. Assim como a Juventus teve um adversário duro, a Fiorentina fora de casa, o Napoli também tinha um adversário duro: a Lazio. E o início foi complicado, com a Lazio marcando nos primeiros minutos.

O zagueiro Stefan de Vrij completou um cruzamento da direita para marcar 1 a 0 para os visitantes no San Paolo, logo a três minutos. E o jogo se tornou complicado, porque mesmo com mais posse de bola, o Napoli tinha dificuldade para finalizar e levar perigo ao adversário. Aos 23 minutos, o baixinho Insigne tocou bonito, buscando encobrir o goleiro, e a bola passou perto, mas foi fora.

Aos 43 minutos, o empate saiu. Lançamento longo nas costas da defesa da Lazio, de Allan para Callejón, e o camisa 7 do Napoli tocou no canto do goleiro, sem chance. O cadeado foi quebrado antes do intervalo. O time da casa veio para o segundo tempo com uma fome enorme. Logo a quatro minutos, Insigne recebeu pela esquerda, tocou colocado no canto baixo do goleiro, mas a bola foi novamente para fora. O gol, porém, não demoraria a sair.

Aos oito minutos, Mertens fez uma boa abertura para a direita, Callejón cruzou rasteiro e o zagueiro Wallace acabou marcando contra. Era a virada do Napoli, mas o que a Lazio não sabia é que foi só o começo da avalanche. Dois minutos depois, o Napoli atacou com velocidade, trocou passes até que chegou a Mario Rui, lateral esquerdo, que chutou. A bola desviou e matou o goleiro. De uma derrota por 1 a 0, o jogo já estava 3 a 1 para o Napoli no início do segundo tempo.

Muito melhor em campo, o Napoli criava chances. Zielinski chutou de fora da área e quase ampliou. Se o polonês não conseguiu colocar a bola na rede, seu o passe para o quarto gol. Ele recebeu dentro da área e deu um passe sutil para Mertens, que tocou também com muita sutileza para ampliar para 4 a 1, aos 28 minutos.

Assim, o Napoli segue na primeira posição na Serie A e no caminho do scudetto. O time do Sul tem 63 pontos, um a mais que a Juventus. São sete jogos consecutivos que os dois times vencem. Ninguém tropeça. Na próxima rodada, dia 18 de fevereiro, o Napoli recebe a Spal, um dos piores times do campeonato. A Juventus visita o Torino.