Foi surpresa para todo mundo, do marketing e do futebol. O Botafogo anunciou semana passada que um dos seus patrocinadores será a empresa americana Telexfree, que vende serviços de telefonia via internet, é suspeita de um esquema de pirâmide financeira, está sendo investigada pelo Ministério Público de sete estados brasileiros e proibida de atuar no País pela Justiça do Acre.

O que, então, o Botafogo quer com essa parceria?

Veja a reportagem completa clicando aqui