Briga pela artilharia promete ser acirrada na Premier League. Em quem você aposta?

Grandes times têm grandes artilheiros. Nem sempre é o caso, mas facilita as coisas ter um homem no ataque que converta as chances de gols em números para o placar. Tanto que cada um dos principais clubes da Premier League – os seis primeiros da última temporada – tem o seu. E quem não tinha, foi buscar: o Arsenal contratou Alexandre Lacazette, o Chelsea trocou o insatisfeito Diego Costa por Álvaro Morata, e o Manchester United trouxe Romelu Lukaku para substituir o machucado Zlatan Ibrahimovic. Eles se juntam a Harry Kane, Sergio Agüero e Roberto Firmino na lista de centroavantes desse grupo de elite.

LEIA MAIS: Presidente da Premier League comemora que não foi um inglês a pagar € 222 milhões por Neymar

Cada um tem sua característica. Firmino e Morata, por exemplo, não fazem tantos gols quanto seus rivais pela artilharia, mas se destacam pela movimentação, facilitando o jogo dos companheiros. Agüero gosta de atacar os espaços em velocidade, Lukaku tem força e explosão. Mas são todos responsáveis principais pelo toque final e se candidatam à artilharia da Premier League. Desses, apenas Agüero e Kane já conseguiram a proeza.

A briga deve se concentrar nesses nomes, porque a última vez que um jogador que não atuava em Chelsea, Tottenham, Arsenal, Liverpool, Manchester City ou Manchester United terminou a Premier League no topo da lista de artilharia foi em 2000, quando Kevin Phillips, do Sunderland, anotou 30 gols para superar os 23 de Alan Shearer, o maior goleador da história da liga inglesa moderna. Mas não custa gastar um tempinho com outros nomes, alguns deles artilheiros comprovados, como Wayne Rooney e Jermain Defoe. Selecionamos também outros seis atacantes que podem se colocar nesta briga.

Fotos: Getty Images / Dados: Transfermarkt

Álvaro Morata

alvaro morata

Idade: 24 anos
No Chelsea desde:
Acabou de chegar
Gols na Premier League:
0
Jogos na última temporada:
43
Gols na última temporada (todas as competições):
20
Assistências na última temporada: 6
Gols na última La Liga:
15
Custou:
€ 65 milhões
Valor de mercado:
€ 40 milhões

Álvaro Morata foi a grande contratação do Chelsea para o seu setor ofensivo. Uma necessidade criada pelo desentendimento entre Diego Costa, principal marcador da equipe nas últimas três temporadas, e o técnico Antonio Conte. O ex-atacante do Real Madrid, no entanto, tem características diferentes: é menos goleador (nunca fez mais de 20 gols em uma temporada), incisivo e agressivo do que o ainda companheiro de clube. Atua melhor na movimentação, abrindo espaços para os companheiros e auxiliando na construção das jogadas, embora, com apenas seis assistências na última campanha, também não seja o cara do passe decisivo. Precisa elevar o seu nível para fazer os gols que o Chelsea necessita para defender o título da Premier League. O curioso é que em nenhum dos dois troféus recentes, os Blues tiveram o artilheiro da competição: em 2014/15, Diego Costa marcou 20 vezes e ficou atrás de Hary Kane (21) e Sergio Agüero (26); em 2015/16, Costa colocou outras 20 bolas na rede, menos que Sánchez (24), Lukaku (25) e Kane (29).

Harry Kane

harry kane

Idade: 24 anos
No Tottenham desde:
Formado na base
Gols na Premier League: 78 em 116 partidas (média de 0,67 por jogo)
Jogos na última temporada:
38
Gols na última temporada (todas as competições):
35
Assistências na última temporada: 7
Gols na última Premier League:
29
Custou:
zero
Valor de mercado:
€ 60 milhões

Harry Kane precisou superar algumas desconfianças para ganhar espaço no Tottenham. Formado na base, teve períodos emprestado ao Leyton Orient, Milwall, Norwich e Leicester antes de se firmar no time titular, em 2014/15, quando marcou 21 gols e foi vice-artilheiro da Premier League. Mesmo assim, por ter o físico de um centroavante trombador e grosso, muitos questionaram se esta teria sido uma temporada excepcional na sua carreira. Kane respondeu com a artilharia das duas edições seguintes do Campeonato Inglês, com 25 e 29 tentos respectivamente. Atualmente, é o melhor e mais valorizado atacante inglês, até porque tem apenas 24 anos de idade e muita lenha para queimar. Um dos muitos jovens talentosos da equipe de Mauricio Pochettino.

Sergio Agüero

sergio aguero

Idade: 29 anos
No Manchester City desde:
2011
Gols na Premier League: 122 em 181 partidas (média de 0,67 por jogo)
Jogos na última temporada:
45
Gols na última temporada (todas as competições):
33
Assistências na última temporada: 6
Gols na última Premier League: 20
Custou:
€ 36 milhões
Valor de mercado:
€ 65 milhões

Agüero tem uma média altíssima de gols pela Premier League, infelizmente acompanhada por uma média tão alta quanto de lesões, o que acaba prejudicando sua contribuição para o Manchester City. Desde que chegou à Inglaterra, passou apenas duas temporadas imune aos problemas físicos: a primeira e a última. Bom sinal de que talvez a equipe de Guardiola tenha encontrado a maneira de evitar que ele mantenha a média de 11 partidas no estaleiro por época em que esteve machucado. Mesmo assim, desde a primeira vez em que vestiu a camisa azul, sempre esteve entre os quatro melhores goleadores da liga inglesa, com exceção de uma temporada, e foi o artilheiro de 2014/15.

Roberto Firmino

roberto firmino

Idade: 25 anos
No Liverpool desde:
2015
Gols na Premier League: 21 em 66 partidas (média de 0,32 por jogo)
Jogos na última temporada:
41
Gols na última temporada (todas as competições):
12
Assistências na última temporada:
8
Gols na última Premier League:
11
Custou:
€ 41 milhões
Valor de mercado:
€ 38 milhões
Cotação na Oddshark para ser artilheiro:

Roberto Firmino não tem sido um grande artilheiro para o Liverpool, tanto que não ficou entre os dez melhores artilheiros da Premier League em nenhuma das suas duas temporadas na Inglaterra. A média de gols, de 0,32 por partida, é até superior à que conseguiu na liga alemã com a camisa do Hoffenheim (0,27). A sua importância para o sistema de Jürgen Klopp é a movimentação, abrindo espaços para os meias e pontas que compartilham a responsabilidade pelos gols: Coutinho, Mané, Lallana, agora Salah e companhia. Mas, por ser o homem mais avançado dos Reds, a última bola muitas vezes cai nos seus pés. E muitas vezes ele desperdiça a oportunidade. Qualidade o brasileiro tem: se afiar a pontaria, pode se tornar um atacante mais decisivo.

Alexandre Lacazette

lacazette

Idade: 26 anos
No Arsenal desde:
Acabou de chegar
Gols na Premier League: 0
Jogos na última temporada: 45
Gols na última temporada (todas as competições): 37
Assistências na última temporada:
5
Gols na última Ligue 1:
28
Custou:
€ 53 milhões
Valor de mercado:
€ 40 milhões
Cotação na Oddshark para ser artilheiro:

Arsène Wenger fez o que sempre cobraram que fizesse: não mediu custos para contratar um homem-gol, um centroavante que fosse decisivo para dividir o fardo que pesa sobre Alexis Sánchez – e Özil, em outra função. O último artilheiro da Premier League que vestiu a camisa do Arsenal foi Robin Van Persie, em 2011/12, com 30 gols. Desde então, apenas Sánchez conseguiu superar a barreira dos 20 tentos pela liga inglesa, com 24 na última temporada. A questão é se Lacazette é nome certo. Tem média de uma bola na rede a cada duas partidas na Ligue 1 e vem vinha destacando-se pelo Lyon. No entanto, já parecia prestes a deixar o clube francês para um centro maior há alguns anos e ninguém havia arriscado os seus euros. Até agora.

Romelu Lukaku

lukaku

Idade: 24 anos
No Manchester United desde:
Acabou de chegar
Gols na Premier League: 85 em 186 partidas (0,45 por jogo)
Jogos na última temporada: 39
Gols na última temporada (todas as competições): 26
Assistências na última temporada:
7
 Gols na última Premier League: 26
Custou:
€ 83 milhões
Valor de mercado:
€ 50 milhões

Lukaku chegou da Bélgica, em 2011, com a expectativa de ser o novo Drogba. Foi contratado pelo Chelsea, mas ganhou poucas oportunidades e, depois de dois períodos de empréstimo, para West Brom e Everton, acabou assinando em definitivo pelos azuis de Liverpool, por € 35 milhões, um valor alto para a época (os preços inflacionaram bastante em apenas três anos). Foi no Everton que encontrou o seu melhor futebol, com 87 gols em 166 partidas e a vice-artilharia da última edição da Premier League. Mourinho, o mesmo que assinou os papéis da sua venda do Chelsea, abriu a carteira para transformá-lo no fazedor de gols do Manchester United, no lugar do machucado Zlatan Ibrahimovic. Forte, rápido e goleador, um atacante que “faz tudo”, como bem definiu Michael Owen.

Wayne Rooney

rooney

Idade: 31 anos
No Everton desde:
Acabou de chegar
Gols na Premier League: 198 em 460 partidas (0,43 por jogo)
Jogos na última temporada: 39
Gols na última temporada (todas as competições): 8
Assistências na última temporada: 9
Gols na última Premier League: 5
Custou:
Nada
Valor de mercado:
€ 15 milhões

Mesmo sem o brilho de épocas anteriores, não podemos ignorar Wayne Rooney, o segundo maior artilheiro da história da Premier League. Apenas Alan Shearer marcou mais vezes que ele pela liga inglesa moderna. E o curioso é que Rooney nunca foi o artilheiro da competição: ficou mais perto em 2009/10 e 2011/12, quando acabou na segunda posição, com 26 e 27 gols, respectivamente. Em suas últimas temporadas pelo Manchester United, passou a atuar cada vez mais recuado, no meio-campo ou em auxílio a outros atacantes. Com a saída de Lukaku, pode ser a referência do Everton, que buscou apenas Sandro Ramírez no mercado para repor o belga. Uma aposta, enquanto Rooney é um artilheiro comprovado da Premier League que precisa apenas se redescobrir.

Jamie Vardy

jamie vardy

Idade: 30 anos
No Leicester desde:
2012
Gols na Premier League: 42 em 105 partidas (0,40 por jogo)
Jogos na última temporada: 48
Gols na última temporada (todas as competições): 16
Assistências na última temporada: 6
Gols na última Premier League: 13
Custou:
€ 1,25 milhão
Valor de mercado: € 15 milhões

A história de Vardy foi bastante contada durante a fábula do Leicester: era operário, disputava divisões amadoras ou semi-amadoras do futebol inglês até ser contratado pelas Raposas, ajudá-las a chegar à Premier League e se tornar uma máquina de fazer gols durante o título de 2015/16, sob o comando de Claudio Ranieri. Foram 24 gols naquela campanha, de longe a sua melhor na elite inglesa. Chegou a ficar próximo do Arsenal, mas decidiu permanecer no Leicester e disputar a Champions League. Aos 30 anos, talvez tenha sido sua última chance de uma grande transferência porque o seu desempenho caiu para apenas 13 tentos na última liga nacional e ele já ultrapassou a barreira dos 30 anos. Tem a próxima temporada inteira para provar o contrário.

Jermain Defoe

defoe

Idade: 34 anos
No Bournemouth desde:
Acabou de chegar
Gols na Premier League: 159 em 468 partidas (0,33 por jogo)
Jogos na última temporada: 40
Gols na última temporada (todas as competições): 15
Assistências na última temporada: 2
Gols na última Premier League: 15
Custou:
Nada
Valor de mercado: € 5 milhões
Cotação na Oddshark para ser artilheiro:

O veterano está prestes a disputar sua 17ª temporada da Premier League e poucos conhecem o caminho do gol melhor do que ele nessa competição. Na realidade, apenas seis: Shearer, Rooney, Andy Cole, Lampard, Henry e Robbie Fowler. Após um ano nos Estados Unidos, voltou para a Inglaterra defendendo o Sunderland e exerceu uma cláusula do seu contrato que o permitiria sair de graça em caso de rebaixamento. A ida para o Bournemouth, na verdade, é um retorno: esteve emprestado ao clube na temporada 2000/01, quando emendou dez partidas da terceira divisão seguidas marcando pelo menos um gol, um recorde para o Bournemouth. Fez 15 gols pelo Sunderland na briga contra o rebaixamento, um rendimento que pode ser potencializado pelo estilo de jogo ofensivo da equipe de Eddie Howe.

Chicharito Hernández

chicharito

Idade: 29 anos
No West Ham desde:
Acabou de chegar
Gols na Premier League: 37 em 103 partidas (0,36 por jogo)
Jogos na última temporada: 36
Gols na última temporada (todas as competições): 13
Assistências na última temporada: 4
Gols na última Bundesliga: 11
Custou:
€ 18 milhões
Valor de mercado: € 18 milhões

Chicharito tinha outras opções para a sua carreira, mas decidiu voltar para a Inglaterra, onde se lançou para o futebol europeu com a camisa do Manchester United. Chegou até ao Real Madrid, mas encontrou seu melhor desempenho com a camisa do Bayer Leverkusen. Na Bundesliga, por um clube de ambições mais moderadas, conseguiu se tornar um artilheiro consistente, com média de um gol a cada duas partidas pela liga alemã. Mas quer se provar na Premier League, que muitos consideram a mais competitiva do mundo. O desejo do mexicano conciliou-se com a busca do West Ham por um centroavante. Quando era do United, nem chegou perto de ser artilheiro do Campeonato Inglês. O melhor que conseguiu foram 13 gols em 2010/11, longe dos 20 de Dimitar Berbatov, seu companheiro de equipe na época.

Christian Benteke

benteke

Idade: 26 anos
No Crystal Palace desde:
2016
Gols na Premier League: 66 em 154 partidas (0,43 por jogo)
Jogos na última temporada: 40
Gols na última temporada (todas as competições): 17
Assistências na última temporada: 2
Gols na última Premier League: 15
Custou:
€ 31 milhões
Valor de mercado: € 28 milhões

Benteke enfrentou um problema de timing: foi contratado para o Liverpool por Brendan Rodgers, pelos gols que fazia com a camisa do Aston Villa, mas o treinador foi trocado por Jürgen Klopp, dois meses depois da sua chegada. E Klopp não é exatamente fã do centroavante estático e forte. Prefere um móvel, como Roberto Firmino. Logo, sua passagem por Anfield durou apenas um ano. Foi repassado ao Crystal Palace, por € 31 milhões, e seus 15 gols foram essenciais para manter o clube na primeira divisão inglesa, em um ataque que se encaixou bem na reta final, com Zaha e Townsend colocando velocidade pelas pontas.

Dwyght Gayle

gayle

Idade: 26 anos
No Newcastle desde:
2016
Gols na Premier League: 15 em 64 partidas (0,23 por jogo)
Jogos na última temporada: 34
Gols na última temporada (todas as competições): 23
Assistências na última temporada: 4
Gols na última Championship: 23
Custou:
€ 12 milhões
Valor de mercado: € 10 milhões

O atacante inglês teve sua chance na Premier League, quando foi vendido pelo Peterborough, que acabava de cair para a terceira divisão, para o Crystal Palace, que acabava de subir para a elite. Três anos depois, e apenas 15 gols em 64 partidas pela liga inglesa, foi repassado ao Newcastle, que disputava a Championship, e Gayle finalmente encontrou o caminho das redes. Foi o artilheiro da equipe de Rafa Benítez, com 23 gols em 32 partidas da segunda divisão. Marca que lhe valeu a segunda oportunidade para se provar no mais alto nível.