Antunes Coimbra. Não fosse por Zico, Antunes e Edu, o sobrenome teria ganhado notoriedade com Fernando. Ou pelo menos deveria. Irmão do Galinho de Quintino, que era costumeiramente caçado em campo pelos adversários, Nando sentiu na pele os anos de chumbo e a ingerência do regime sobre o futebol brasileiro. Até quando atravessou o Oceano Atlântico para atuar pelo Belenenses, de Portugal, a presença da ditadura parecia tão próxima que era como se tivesse levado um militar na bagagem.

Veja a matéria completa no Impedimento.