Manduzkic foi o cara na vitória da Croácia

Camarões 0×4 Croácia: Saldo vale pouco agora, mas croatas pegam moral

Relatos_A Crônica

Uma derrota do Brasil para Camarões, e um empate entre México e Croácia. Essa combinação elimina os brasileiros, e mostra que, para os croatas, valeu a pena o esforço para fazer 4 gols nos camaroneses e recuperar o saldo de gols. Mas é uma combinação improvável. A Seleção dificilmente perderá de uma equipe tão fraca quanto os Leões Indomáveis, e a decisão para a segunda vaga fica no confronto direto. O que não significa que a goleada tenha sido inútil.

GALERIA: As melhores imagens de Camarões 0×4 Croácia

A Croácia precisava de moral, precisava confirmar na tabela o bom potencial desse time. Contra o Brasil, os quadriculados fizeram uma boa partida, mas perderam após um erro de arbitragem. Vencer e convencer contra Camarões seria um modo de recuperar o moral, deixar para trás o sabor ruim da derrota injusta e passar aos mexicanos o recado de que podem vencer.

Missão cumprida. E com muita facilidade. Os croatas atropelaram, até se dando ao luxo de desperdiçar oportunidades no final por preciosismo na hora de finalizar. Os camaroneses foram desestruturados e desorganizados, atacaram sem convicção e não se preocuparam em defender com determinação (uma necessidade quando se enfrenta um oponente mais forte). Parecia que os Leões nunca acreditaram realmente na possibilidade de obter um bom resultado em Manaus.

Os gols surgiam com naturalidade: Olic, Perisic, Mandzukic e Manduzkic de novo. Poderia ter ainda de Sammir, Rebic, Eduardo, Rakitic, Srna, Modric… Todo esse pessoal teve sua chance de finalizar, tamanha a facilidade com que os croatas chegavam ao gol.

O saldo é muito mais positivo do que os quatro de vantagem. É um time mostrar força para o confronto direto contra o México. Salvo a combinação da primeira linha desse texto, só uma vitória mantém a Croácia na competição. E, depois do resultado desta quarta, ela parece muito mais possível.

VEJA TAMBÉM: A Espanha se arruinou a partir de suas certezas inabaláveis

Relatos_O Cara

Perisic

Foi o jogador mais decisivo. Avançou com muita facilidade pelos dois lados do ataque. Cruzou pela direita para o gol que abriu o marcador em Manaus. E avançou pela esquerda para ele próprio improvisar, enganar Itandje e chutar direto. Depois disso, o jogo virou quase uma pelada, com os croatas brincando e Camarões perdido em campo.

Relatos_Os Gols

11/1T – GOL DA CROÁCIA

Perisic avança pela direita e cruza. A bola atravessa a área e chega aos pés de Olic, que entra na corrida e desvia para o gol.

3/2T – GOL DA CROÁCIA

Perisic avança pela esquerda e chuta sem ângulo, aproveitando que Itandje havia se afastado da trave para interceptar um potencial cruzamento.

16/2T – GOL DA CROÁCIA

Pranjic cobra escanteio e Mandzukic sobe sozinho e cabeceia à queima roupa.

28/2T – GOL DA CROÁCIA

Eduardo chuta colocado no canto, Itandje espalma nos pés de Mandzukic, que, completamente sozinho, toca para o gol vazio.

Relatos_A Tática

Formações iniciais de Camarões x Croácia

Formações iniciais de Camarões x Croácia

A Croácia voltou a se fiar no meio-campo bastante técnico, que dá uma saída de bola muito boa. Com os dois meias abertos camaroneses avançando muito, o time africano ficava sempre em inferioridade numérica quando os croatas atacavam. Quando Song foi expulso por agredir Mandzukic, qualquer possibilidade de Camarões bloquear os avanços da Croácia morreu.

ANÁLISE: Até agora, Paulinho só provou que não tem lugar na Seleção hoje

Relatos_A Estatística

18 a 17

Incrível, mas a Croácia fez apenas uma finalização a mais que Camarões. A questão é a qualidade: os croatas acertaram o alvo nove vezes, os camaroneses apenas duas. Muitas das conclusões da equipe africana foram de fora da área, sem as condições ideais. Coisa de um time que estava desorganizado e desesperado. Os croatas até podem ser acusados de preciosismo nos últimos 20 minutos.