É COPA DO MUNDO, AMIGO! Haja coração e já estamos aqui na expectativa para a Copa 2018, que começa no dia 14 de junho, em Moscou. Enquanto isso, os preparativos vão esquentando o torneio e as camisas já dão aquele gostinho. Além da Inglaterra, quem apresentou seus uniformes foi a Nigéria. E olha, os Super Águia vão chamar bastante a atenção na Rússia com o seu fardamento.

LEIA TAMBÉM: Uniforme da Inglaterra para 2018 traz uma rosa, cruz de São Jorge e resgata clássico calção azul

O gol marcado por Alex Iwobi contra Zâmbia por 1 a 0, no dia 7 de outubro de 2017, tornou a Nigéria o primeiro país africano classificado à Copa do Mundo 2018. A Nigéria passou por cima do grupo da morte e fará sua sexta Copa do Mundo na Rússia. Iwobi, 21 anos, é uma das jovens estrelas do futebol nigeriano. Nasceu em Lagos, principal cidade do país, mas viveu a maior parte da sua vida na Inglaterra, onde atua pelo Arsenal.

“Eu cresci na Inglaterra, mas a Nigéria é a minha terra natal. Quando eu marquei aquele gol, os jogadores estavam dançando, os torcedores estavam tocando trompetes e batucando tambores… Havia muita paixão e energia”, contou Iwobi. “É sempre uma honra vestir o branco e verde. Competir nesta Copa não é apenas o meu sonho, é o sonho dos nossos torcedores. Juntos, nós representando Naija”.

A palavra Naija tem muitos usos. Como descritor, ela define um certo otimismo focado no futuro – um que catalisou uma nova geração de nigerianos para celebrar a cultura vibrante da nação. O uso da palavra requer atitude, mesmo confiança. Não é simplesmente um ficar de pé pela Nigéria; Em vez disso, Naija reflete uma exuberância juvenil, orgulho e nova perspectiva sobre o patriotismo. Para alguns, Naija traduz-se diretamente para “a nova Nigéria”. Com um potencial ilimitado e um carisma palpável indubitavelmente infeccioso, o time pede por apoio de qualquer um – um interesse de futebol acima de tudo.

“Com a Nigéria, nós queremos entrar na atitude da nação”, afirma Dan Farron, diretor de design da Nike Futebol. “Nós construímos uniformes e coleções baseadas na identidade completa dos jogadores”, continuou. “Nós começamos a ver tendências conectando atletas a música, moda e mais. Eles são parte de uma cultura legal e ressoante”.

“Uma constante na Nigéria é um amor fascinante pelo futebol”, diz Amaju Pinnick, presidente da Federação Nigéria de Futebol. “Quando o futebol está ligado, tudo para. Os novos designs do uniforme honram as ricas tradições da nossa federação. Além disso, eles celebram tudo o que saboreamos sobre a nossa cultura”.

O uniforme lembra um pouco o que foi usado na Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos. O uniforme principal deixa o verde escuro que foi usado nos últimos anos. Esse passa a ser o uniforme reserva. O uniforme titular é bem chamativo. Vale você dar uma olhada.

Veja as fotos:

Novo uniforme da Nigéria, vestido por Alex Iwobi (Foto: divulgação/Nike)

Camisa reserva da Nigéria, vestida por John Obi Mikel (Foto: divulgação Nike)

Coleção do uniforme da Nigéria (Foto: divulgação/Nike)

Coleção do uniforme da Nigéria (Foto: divulgação/Nike)