Alisson teve uma atuação extraordinária para resistir ao bombardeio do Atlético

Goleiro titular da seleção brasileira, Alisson é um dos poucos titulares contestados do time de Tite. Jogou pouco pela Roma na última temporada, quando o titular era Szczesny. Com a saída do polonês para a Juventus, assumiu as metas do clube da capital italiana e tem feito boas partidas. Nesta terça-feira, fez a melhor delas, resistindo a um bombardeio do Atlético de Madrid, no empate por 0 a 0, pela primeira rodada da fase de grupos da Champions League.

LEIA MAIS: Guia da Champions League 2017/18

Alisson fez nove defesas nesta terça, muitas delas difíceis. Como no segundo tempo, quando ficou cara a cara com Vietto, que tentou encobri-lo. O brasileiro espalmou por cima da trave. Correa tentou duas vezes: primeiro, infiltrando na grande área e batendo cruzado, de bico, e Alisson defendeu com uma única mão; em seguida, bateu da entrada da área, para outra boa ação do goleiro. Nos acréscimos, Saúl cabeceou forte, para baixo, e Alisson defendeu. No rebote, o espanhol perdeu um gol incrível, acertando a trave.

Quando foi vencido, Alisson contou com um corte providencial de Manolas em cima da linha. No rebote, evitou um gol contra com os pés. Ainda parou tentativas menos pretensiosas de Vietto e Saúl, da entrada da área, encaixando com segurança. Grande partida do goleirão da Roma.