Em uma esperada goleada do Chelsea, Zappacosta deu o brilho da noite com um senhor golaço

Ninguém esperava um resultado diferente em Stamford Bridge. Antonio Conte até escalou um time com vários reservas. O Chelsea amassou o pobre Qarabag, com direito a seis gols para alegrar a sua torcida. Quando, aos cinco minutos, Pedro recebeu livre na entrada da área, sem um marcador sequer num raio de cinco quilômetros, já ficava clara a facilidade que os Blues encontrariam. E o tento do espanhol, em uma bem colocada finalização, foi só o primeiro da festa. César Azpilicueta, Tiemoué Bakayoko e Michy Batshuayi, duas vezes, deixaram as suas marcas na noite londrina. Mas nem mesmo a assistência de trivela de Cesc Fàbregas supera o brilhantismo de Davide Zappacosta no lance mais bonito da goleada por 6 a 0.

Contratado junto ao Torino no fechamento da janela de transferências, Zappacosta não é exatamente o jogador que mais chama a atenção, ainda que acumule suas convocações pela seleção italiana. Todavia, o novato demonstra que pode ser uma daquelas peças que crescem de produção nas mãos de Conte. E o cartão de visitas que ele entregou nesta terça foi o melhor possível. O contra-ataque começa a partir de Thibaut Courtois. Zappacosta arranca em alta velocidade, passa pelo primeiro marcador, dá um drible da vaca no segundo e, ao se aproximar da área, resolve arriscar o chute ao perceber o péssimo posicionamento do goleiro. Golaço.

O Qarabag claramente será o “bônus” do grupo. De qualquer forma, retornar à Champions dessa maneira vale bastante ao Chelsea, que ainda viu seus dois principais concorrentes desperdiçarem pontos – com o empate por 0 a 0 entre Roma e Atlético de Madrid, no Estádio Olímpico. Em uma noite que seria mesmo de goleada, salvo um desastre, melhor para os funcionários que mostraram serviço ao patrão.