Jonathan Balotelli vira destaque na Champions e marca belo gol contra o Copenhague

Depois de surpreender o Malmö na fase anterior, o Vardar Skopje se confirma como um grande candidato a surpresa nesta Liga dos Campeões. Ou, se você preferir, a terror dos nórdicos. Desta vez os macedônios não precisaram jogar em um acanhado estádio do interior do país. Atuaram na Arena Philip II, não só o palco da Supercopa Europeia desta temporada, mas também a casa dos rubro-negros. E fizeram a alegria de seus torcedores, ao baterem o Copenhague por 1 a 0, resultado excelente para brigar pela classificação na terceira fase preliminar do torneio. O brasileiro Jonathan Balotelli acabou como o destaque, autor do (belo) tento decisivo.

Aos 28 anos, Jonathan Balotelli possui um currículo extenso, rodado principalmente pelo futebol pernambucano e carioca. Viveu seu momento de maior destaque com o Pesqueira, onde ganhou o apelido famoso e pelo qual foi eleito a revelação do Campeonato Pernambucano em 2013. Rumou na sequência para o Sport, mas sem emplacar. Já a chance de atuar no exterior veio na temporada passada, assinando com o Vardar apenas duas semanas depois de chegar ao Cuiabá, com apenas uma partida feita pelo clube do Mato Grosso.

Na temporada passada, Balotelli já foi um dos destaques do Campeonato Macedônio, autor de 11 gols. E, agora, tem a chance de brilhar na Liga dos Campeões. Depois de contribuir na inesperada classificação contra o Malmö, dando a assistência no empate por 1 a 1 na Suécia, o atacante demonstrou sua capacidade nas finalizações contra o Copenhague. A sobra de bola na área terminou com uma bomba do brasileiro, sem qualquer chance de defesa para o goleiro Robin Olsen. Resultado precioso, especialmente pelos gols que os anfitriões não tomaram.

Jonathan Balotelli não é o único brasileiro no elenco do Vardar. O atacante tem a companhia de Juan Felipe, meia que iniciou a carreira no Santos e jogou por clubes de menor expressão em São Paulo, até rumar ao CSKA Sofia e, depois, à Macedônia. Ambos são titulares na Champions e o armador deu duas assistências na vitória histórica por 3 a 1 sobre o Malmö, na última semana, selando a classificação à terceira fase preliminar.

A missão do Vardar para o segundo jogo, de qualquer forma, está longe de ser simples. O Copenhague chegou a ficar invicto por 49 partidas consecutivas no Estádio Parken, desde agosto de 2015. A quebra da marca, todavia, aconteceu justamente na fase anterior da Champions, derrotados pelo Zilina – o que ainda assim não atrapalhou a classificação. Apesar do favoritismo claro dos dinamarqueses, o Vardar tem chances reais de aprontar e levar o futebol macedônio à última fase classificatória do torneio, já um feito inédito. Pelo que tem aprontado até o momento, a equipe de Jonathan Balotelli não deve ser descartada.

Nos outros jogos desta terça

O Vardar Skopje foi mesmo a grande zebra do dia na Liga dos Campeões.  Se há algum jogo que se aproxime do status de surpresa, é mais pela maneira como o Olympiacos se impôs fora de casa contra o Partizan, vencendo por 3 a 1 em Belgrado. O CSKA Moscou também levou para casa ótimo resultado, ao bater o AEK Atenas por 2 a 0, dentro do Estádio Olímpico. Foi a primeira partida de Igor Akinfeev desde 2006 sem tomar gols pelo torneio continental – tinha sido vazado nos 43 compromissos posteriores. O Slavia Praga bateu o Bate Borisov por 1 a 0, em animador retorno à Champions, após oito anos de ausência. Por fim, a igualdade prevaleceu em Qarabag 0x0 Sheriff Tiraspol e Steaua Bucareste 2×2 Viktoria Plzen.

Nesta quarta, mais nove duelos completam a rodada da terceira fase preliminar da Champions, com destaque para Ajax x Nice (com o Balotelli original) e Celtic x Rosenborg. Os jogos de volta acontecem na próxima semana.