Manduzkic foi decisivo para a importante virada da Juventus contra o Sporting

A Juventus conseguiu uma vitória muito importante pensando em classificação no seu grupo na Champions League. Depois de sair atrás no placar contra o Sporting, conseguiu uma virada e venceu por 2 a 1, com muito sufoco. O gol da vitória veio com um jogador que se tornou fundamental ao time na última temporada: Mario Manduzkic.

LEIA TAMBÉM: Titular, Paulinho mostrou mais uma vez que tem muito a oferecer ao Barcelona

Jogando fora de casa, o Sporting arrancou um gol logo no início do jogo. Em um contra-ataque rápido, Bruno Fernandes lançou Gelson Martins nas costas da defesa, que avançou e tocou. Buffon rebateu, mas a bola bateu em Alex Sandro e entrou. Azar do brasileiro, sorte do time português: 1 a 0 para os visitantes, aos 12 minutos.

O empate veio em uma especialidade de Miralem Pjanic: a cobrança de falta. Da entrada da área, o bósnio cobrou perfeitamente, no alto, sem chance para o goleiro. Golaço dos alvinegros, empatando o jogo em Turim, aos 29.

Melhor em campo, a Juventus criava chances, mas parava ou em finalizações erradas, ou na defesa do Sporting. Foi assim até que Massimiliano Allegri colocou em campo Douglas Costa. O brasileiro substituiu Sturaro e, em uma jogada pela ponta esquerda, cruzou para a segunda trave. Mandzukic subiu bem de cabeça e marcou 2 a 1.

Longe de ser um jogo brilhante da Juve, o mais importante foi a vitória conquistada. Os italianos chegaram a seis pontos, três atrás do Barcelona, que venceu os três jogos. O Sporting fica com três pontos, enquanto o Olympiacos segue sem pontuar. Na próxima rodada, a Juve vai até Portugal para pegar o próprio Sporting. Uma vitória fora de casa pode encaminhar definitivamente a classificação.

Para um time que foi vice-campeão na temporada passada jogando muito bem, inclusive contra o Barcelona, com quem divide a chave, classificar-se ao mata-mata é crucial. Na fase eliminatória, o campeonato recomeça. Não se classificar seria desastroso. O início ruim, tomando 3 a 0 do Barcelona na Catalunha, causou preocupação. As duas vitórias nas rodadas seguintes amenizaram as tensões.