Como o futebol nos ensina a respeitar os adversários

A Liberty Seguros pediu, e nós fomos atrás de gente com histórias inspiradoras ligadas ao esporte e descobrimos pessoas incríveis. Veja os mini documentários

Carlos Osvaldo Alves de Castro, de 65 anos, é aposentado. Ele viveu o futebol de várzea, conheceu amigos para a vida toda e aprendeu que o respeito é fundamental para ter uma vida melhor – dentro e fora de campo.

SÉRIE #MEUEXEMPLO: Saiba por que resolvemos fazer uma série de histórias inspiradoras no futebol 

Paulistano desde pequenininho, viu o futebol de São Paulo crescer e se fortalecer na várzea dos rios da capital paulista. Testemunhou jogos históricos que, infelizmente, a TV nunca vai ter a chance de mostrar. Viu craques que nunca estamparam as capas de jornais se tornarem eternos nos corações de milhares de pessoas nos bairros da metrópole.

E, nesta jornada toda, nunca faltou nem disposição nem muita competição. Foram jogos duros, épicos, mas seu Carlos sempre soube de uma coisa: o adversário era adversário, não um inimigo. O objetivo era vencê-lo, não destruí-lo. Até porque a existência de um grande oponente nos faz sempre querer melhorar. Grandes adversários são essenciais para construir as nossas próprias vitórias.

Confira o depoimento dele no quarto capítulo da série de mini documentários feitos pela  Liberty Seguros, a Trivela e a Monstro Filmes.

VÍDEOS: Veja todos os minidocumentários no canal da Liberty no YouTube

TEXTOS: Leia todas as histórias da série #meuexemplo

FACEBOOK: Acompanhe as novidades da Liberty 

TWITTER: Siga e saiba o que acontece na seguradora oficial da Copa