Acredita no Grêmio na final do Mundial? Então acabe com o mundo: vitória do Imortal paga 10 vezes valor apostado

A esperada final do Mundial de Clubes da Fifa entre Real Madrid e Grêmio tem hora e lugar marcado. O time brasileiro e o espanhol se encontram neste sábado (16 de dezembro), às 15h (horário de Brasília), em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, tentando coroar uma temporada para lá de vitoriosa. Para o Imortal, é a chance de surpreender o mundo da bola com seu o futebol intenso e, quem sabe, causar um rebuliço nas apostas de futebol do OddsShark.com, que colocam o clube como azarão no confronto e medem seu título rendendo seis vezes o valor investido. Confira o resumaço deste jogão!

Renato Portaluppi ou Cristiano Ronaldo

Você já deve ter escutado sobre a polêmica da vez. Quem é melhor: Renato Gaúcho ou Cristiano Ronaldo? Tudo começou alguns meses atrás, quando o treinador brasileiro, que teve passagens por Flamengo, Fluminense, Grêmio, entre outros clubes, afirmou ter sido melhor jogador que o português considerado cinco vezes o Melhor do Mundo pela Fifa.

Os meses se passaram e Renato resgatou a afirmação. Ganhando até apoio de Luiz Felipe Scolari, o técnico do penta, o irreverente comandante terá agora a oportunidade de demonstrar – pelo menos em termos de conceito – ao luso em partida contra os madrilenhos. Quis o destino que Grêmio, campeão da Copa Libertadores de 2017, e Real Madrid, atual bicampeão da Liga dos Campeões, se cruzassem na final do Mundial.

CR7 e companhia levam extrema vantagem – pelo menos de acordo com os odds, que veem o título espanhol em R$ 1,12 segundo o OddsShark.com – , mas voltando ao duelo em particular, quem teve números melhores na carreira? Bom, Renato foi um dos maiores jogadores brasileiros de sua época, mas o português ganha de lavada se compararmos as conquistas.

Além de ter vencido cinco vezes o prêmio da Bola de Ouro, Cristiano Ronaldo ganhou quatro vezes a Liga dos Campeões, foi três vezes campeão do Mundial de Clubes, teve outros três títulos da Premier League, duas de La Liga, uma Eurocopa e ainda é o maior artilheiro da história do Real Madrid e da seleção portuguesa. Já Renato tem no currículo um Mundial de Clubes, uma Libertadores, uma Copa do Brasil, uma Copa União, uma Supercopa Libertadores e uma Copa América, entre suas principais conquistas. Quando o assunto é Seleção Brasileira, o ídolo gremista teve poucas oportunidades. Bom, com os títulos na mesa, ficou fácil escolher quem foi melhor jogador, não é?!

Nada de invenção

Retornando ao assunto decisão, o que sabemos é que o Grêmio, que tem o bicampeonato do Mundial avaliado em R$ 6,50 pelo OddsShark.com, não vai inventar. Marcado por possuir um jogo cadenciado e movimentação intensa na linha de frente, o Tricolor Gaúcho deve se adaptar ao estilo merengue. Isso porque se a equipe não se precaver contra um time que possui CR7, Benzema e Isco, as chances de derrota são enormes.

Ao mesmo tempo, o Imortal não pode ficar atrás, como o Al Jazira, que perdeu por 2 a 1 para os espanhóis na semifinal. Tudo bem que os árabes até saíram na frente com gol de Romarinho, mas o fato de o clube ter recuado proporcionou ao Real controle total do jogo. Com qualidade técnica infinitamente melhor que os rivais, os galácticos tinham a virada como questão de tempo. E ela ocorreu, é claro!

Vitória do Grêmio no tempo normal – não se assuste – dá incrível rendimento aos apostadores do OddsShark.com, que podem abocanhar até 10 vezes o valor investido através da cotação inicial de R$ 10,00. Empate, que leva a decisão para a prorrogação, também não deixa nada a desejar, pagando R$ 5,50.

Capitão de volta

Sem nenhum problema de contusão – exceção ao volante Arthur, fora do Mundial por lesão no tornozelo – , o Grêmio pode ter Jael como a principal novidade. O atacante entrou no lugar de Lucas Barrios durante o segundo tempo do duelo com o Pachuca e teve sua atuação aprovada. A ideia de Renato Portaluppi pode estar relacionada a dar maior mobilidade da equipe. Assim, o reserva ganharia a posição entre os 11 titulares.

Já do outro lado, o Real conta com um reforço importantíssimo. Trata-se do zagueiro e capitão Sergio Ramos. Além de passar tranquilidade defensiva, o beque é bem à vontade lá na frente, tendo marcado 70 gols na carreira. Até por isso, ele tem os odds avaliados em R$ 5,00 para deixar sua marca na final. A taxa mais em conta é de Cristiano Ronaldo, avaliada em R$ 1,44, considerado o grande nome da decisão.

Confira os odds da final do Mundial de Clubes na Trivela:

16/12 – 15h – (R$ 1,28) Real Madrid x Grêmio (R$ 10,00); empate (R$ 5,50)