Brasil fecha amistosos pré-Copa devolvendo ótimos lucros nas apostas

O Brasil encerrou os seus amistosos para a Copa do Mundo deixando o torcedor animado e o investidor vivendo praticamente um êxtase. Quem enxergou a seleção de Tite como uma equipe capaz de receber uma tática das mais básicas das casas de apostas de futebol, que é investir sempre no favorito e sempre quantias de um volume um pouco maior, acabou rindo à toa. Antes dos 3 a 0 em cima da Áustria, já sinalizávamos na semana passada que o retorno era interessante, devolvendo R$ 1,53 a cada R$ 1,00 investido.

Quem teve faro e dinheiro em caixa para investir R$ 100,00 no triunfo deste domingo do Brasil pôde, por exemplo, ganhar R$ 53,00 em meros 90 minutos – e sem muitos sustos, vide o placar final, com um verdadeiro baile de Neymar, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho.

Aplicar este cálculo aos outros amistosos da seleção demonstra que ela seria realmente a opção principal a se considerar na hora de aplicar dinheiro daqui por diante. Vale lembrar que o Brasil venceu os seus quatro amistosos neste ano – e sem sofrer um golzinho sequer.

A equipe de Tite devolveu R$ 1,69/R$ 1,00 ao ganhar da Croácia, R$ 2,35 ao bater a Alemanha e R$ 1,54 com outro triunfo por 3 a 0, desta vez sobre a Rússia. Somando todos os lucros, percebe-se um volume dos mais interessantes nesta prévia do Mundial. Voltando a contextualizar a matemática, quem tenha colocado R$ 100,00 em cada uma dessas vitórias do Brasil (somando R$ 400,00 de investimento) acabou faturando ótimos R$ 711,00.

E os odds para os três primeiros confrontos já estão disponíveis. Caso o Brasil vença a Suíça na estreia, no próximo domingo (17), às 15h, o lucro seria de R$ 1,40/R$ 1,00. As outras combinações para esta partida estão realmente bem mais distantes daquilo que se tem como normal. O empate entre Brasil e Suíça gera R$ 4,80/R$ 1,00, e a vitória da Suíça seria uma das maiores zebras da primeira rodada, pagando R$ 9,50 a cada R$ 1,00 investido. Baixo lucro = alto investimento. Alto lucro = dinheiro reduzido, como quem não quer nada, só para constar. Há mesmo inúmeras formas de se combinar as apostas neste mar de opções que são oferecidas hoje em dia.

Os outros dois jogos do Brasil na fase de grupos têm cotações semelhantes – e o fato de o lucro ser pequeno acaba convidando os mais tarimbados a investir, como assinalamos, um volume maior, com dígitos a mais. A vitória do Brasil sobre a Costa Rica, por exemplo, hoje paga R$ 1,20/R$ 1,00, com o triunfo final, contra a Sérvia, devolvendo R$ 1,36. Somando as três partidas, daria para praticamente dobrar o investimento – os odds somados representariam R$ 3,96 a cada R$ 3,00 investidos. Não daria mesmo para reclamar. Basta estudar as combinações e avançar.

A classificação do Brasil neste Grupo E geraria outro lucro – pequeno, é verdade, mas que pode integrar com interesse este “combo” que estamos analisando para a equipe de Tite. Caso o Brasil avance para as oitavas, o investidor fatura R$ 1,06 a cada R$ 1,00 investido. E se a classificação for obtida com um primeiro lugar, então, o retorno seria de R$ 1,28/R$ 1,00.

O Brasil aparece, aliás, como grande favorito ao título, devolvendo R$ 5,00 a cada R$ 1,00 investido. Até seria de se imaginar que tal cotação diminuísse com os últimos amistosos, mas ela se mantém já há alguns meses, sem oscilar perante as duas seleções que vêm logo atrás, que são Alemanha (R$ 5,50) e Espanha (R$ 7,00).  

Outras duas opções: Neymar é o favorito a ser artilheiro da Copa (R$ 10,00/R$ 1,00) e Alisson é o terceiro na lista daqueles que constam como os principais candidatos ao prêmio de melhor goleiro da Copa. Ele paga R$ 5,50/R$ 1,00 e aparece atrás de Neuer (R$ 4,50) e De Gea (R$ 5,00).

O Mundial da Rússia começa já nesta quinta-feira (14), com Rússia e Arábia Saudita fazendo o jogo de abertura às 12h (de Brasília). A Copa do Mundo, claro, é motivo para prepararmos um grande especial com tudo o que é preciso para apostar e lucrar com os favoritos e as zebras do torneio mais importante do futebol mundial. Basta clicar no link ao lado e conferir. Está imperdível.

Os odds dos últimos amistosos para a Copa do Mundo:

11/06 – 10:00 – Coreia do Sul (R$ 3,71) x Senegal (R$ 2,12); empate (R$ 3,10)
11/06 – 15:45 – Bélgica (R$ 1,23) x Costa Rica (R$ 13,92); empate (R$ 5,77)
12/06 – 10:05 – Japão (R$ 2,57) x Paraguai (R$ 2,92); empate (R$ 2,99)
12/06 – 13:00 – Polônia (R$ 1,23) x Lituânia (R$ 12,94); empate (R$ 5,69)

Confira outros odds do futebol brasileiro e internacional na Trivela.