Brasil x Bélgica: quem vai às semifinais no duelo da melhor defesa contra o melhor ataque da Copa?

Se os fanáticos por futebol estavam esperando por um confronto digno de Copa do Mundo fiquem tranquilos, a espera acabou! França e Argentina até proporcionaram um jogo para lá de emocionante na abertura do mata-mata, mas a falta de aplicação tática dos nossos vizinhos deixou a vitória dos Bleus mais evidente. Mas não é o caso de Brasil x Bélgica, duas potências que se enfrentam nesta sexta-feira (6 de julho), na Arena Kazan, em partida que vale vaga para as semifinais do torneio realizado na Rússia. É o duelo entre a melhor defesa do campeonato, que é liderada pela dupla de zaga Miranda e Thiago Silva, diante do melhor ataque, que é comandado por Romelu Lukaku. Quem irá se dar melhor? O que as cotações do OddsShark.com sugerem? Tudo isso e muito mais analisaremos pelas apostas esportivas.

Se você ainda está em dúvida de como uma aposta funciona, dá só uma olhada no nosso infográfico. É só clicar aqui que você entenderá o be-a-bá das cotações.

Invencibilidade em jogo

Brasil e Bélgica se encontram logo mais em um jogo que pode derrubar a invencibilidade de um dos países na competição. Após quatro jogos no Mundial, o Brasil tem um empate (1 a 1 com a Suíça na estreia) e três vitórias seguidas (placares de 2 a 0 contra a Costa Rica, Sérvia e México), fato que aumenta a confiança da turma do técnico Tite. Depois de um início duvidoso, empatando com os helvéticos, a Seleção Brasileira foi engrenando aos poucos e manteve a condição de favorita ao título do torneio. O hexacampeonato paga R$ 3,75 segundo as casas de apostas. Mas isso só será possível se a equipe liderada por Neymar, que vem em evolução no torneio, fizer a sua parte.

Com o camisa 10, a Seleção tem crescido de produção e fez diante dos mexicanos a sua melhor performance em território russo. Apesar da pressão El Tricolor nos 20 minutos iniciais, a equipe canarinha se manteve intacta e igualou as forças ainda na metade do primeiro tempo. Depois, voltou melhor e resolveu a parada. Primeiro, em gol de Neymar após ótima assistência de Willian em chute cruzado pela esquerda, e posteriormente, com Roberto Firmino, em cruzamento/finalização do craque do PSG.

O resultado deu moral para o Brasil e deixou o time ainda melhor entre os favoritos à taça na Rússia. Mas isso vai depender se a equipe bater os próximos rivais, em cotação de R$ 2,15 segundo o site especializado OddsShark.com.

Do outro lado, há a Bélgica, uma seleção que está pronta para finalmente fazer história no Mundial. Depois das decepções com a Copa no Brasil, onde foi eliminada para a Argentina nas quartas de final, e posteriormente na Euro 2016, quando caiu de forma surpreendente para o País de Gales, a turma de Lukaku, Hazard, Mertens e De Bruyne está 26 jogos sem sofrer uma derrota. São quase dois anos de invencibilidade, o que coloca os Diabos Vermelhos com odds de R$ 7,00 para levantar o inédito troféu.

Depois de uma campanha perfeita, liderando uma chave que tinha Tunísia, Panamá e Inglaterra, os belgas quase colocaram tudo a perder na abertura do mata-mata. Após saírem perdendo por 2 a 0, os europeus se recuperaram e, com jogadores saindo do banco como Fellaini e Chadli, acabaram com a possibilidade de zebra. Agora, tentam derrubar um campeão mundial.

Ataque contra defesa?

Para isso, a Bélgica aposta na força do setor ofensivo, que tem sido o mais letal no torneio russo. Em quatro jogos, foram 12 gols dos Diabos Vermelhos. O destaque é Lukaku, vice-artilheiro do campeonato com quatro gols e o maior artilheiro da história do país, com 40 tentos. Com o jogador do Manchester United, os belgas querem surpreender os brasileiros depois de sucumbirem para os rivais há 12 anos, no Mundial da Coreia do Sul e Japão. A cotação é de R$ 3,70 para a segunda vitória belga no duelo geral com os sul-americanos. Já uma classificação europeia vale R$ 2,37, contra R$ 1,57 do país pentacampeão, que é favorito para avançar às semifinais.

Por falar na trupe liderada por Neymar, a Seleção chega para o confronto com apenas um gol sofrido em toda Copa do Mundo de 2018. Isso dá confiança para um setor que antes de o torneio começar tinha incertezas, como as apostas em Alisson e em Danilo. Com a melhor defesa da competição e os jogadores de frente funcionando, como Neymar, Philippe Coutinho e Willian, os tupiniquins são cotados em R$ 2,15 para garantir a classificação no tempo regulamentar.

Se a partida repetir o que Rússia x Espanha, Croácia x Dinamarca e Inglaterra x Colômbia fizeram nas oitavas, quando disputaram as vagas nas penalidades máximas, a taxa brasileira é de R$ 12,00. Pensando em rendimentos através do OddsShark.com, as cobranças alternadas por si só valeriam um ótimo lucro, uma vez que são cotadas em R$ 6,00. Mas será que Neymar, de um lado, e Lukaku, do outro, irão deixar isso acontecer?

Confira os odds das quartas de final da Copa do Mundo:

06/07 – 11h00 – (R$ 4,60) Uruguai x França (R$ 2,00); empate (R$ 3,20)
06/07 – 15h00 – (R$ 2,15) Brasil x Bélgica (R$ 3,70); empate (R$ 3,40)
07/07 – 11h00 – (R$ 4,75) Suécia x Inglaterra (R$ 1,90); empate (R$ 3,40)
07/07 – 15h00 – (R$ 4,00) Rússia x Croácia (R$ 2,20); empate (R$ 3,10)

Confira outros odds do futebol internacional na Trivela.