Copa do Mundo: Média de gols cai e impacta escolha nas apostas

A primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo da Rússia terminou com uma média de gols bem aquém da que se viu no Mundial do Brasil, realizado quatro anos atrás. Este é um dado bem importante que vale a pena ser levado em consideração por todos aqueles que buscam os melhores lucros das casas de apostas de futebol.

O jogo que encerrou a primeira rodada na Rússia foi Senegal x Polônia, que contou com a vitória africana por 2 a 1. Levando em consideração a era moderna da Copa do Mundo, com 32 seleções participantes, realizada neste sistema a partir do Mundial da França em 1998, a média verificada na Rússia é a segunda média mais baixa, só perdendo para a de 2010, na África do Sul. Há oito anos, a primeira rodada da fase de grupos viu apenas 25 gols marcados em 16 jogos, uma média de 1,56 por partida. Na Copa do Mundo da Rússia, neste mesmo período, foram marcados 36 gols, uma média de 2,25 por jogo. No Brasil, em 2014, a média foi de 2,93 neste intervalo.

Um outro número bastante interessante de se analisar neste recorte da primeira rodada é que os gols estão saindo mais no segundo tempo do que no primeiro – até aqui, são 15 gols na primeira metade e 23 na etapa final. Além do aumento de número de gols de pênalti (sete, e nove marcados na primeira rodada), em decorrência do VAR, o árbitro assistente de vídeo, chama a atenção também o recorde observado com os gols contra – quatro, ao se considerar a primeira rodada.

E o que isso impacta nas apostas? Bastante coisa. Uma das opções mais procuradas pelo apostador experiente é tentar antecipar quantos gols vão sair – é uma alternativa, por exemplo, bem mais lógica e menos imprevisível do que tentar cravar quem vai ganhar, perder ou empatar.

Um exemplo que levantamos para explicar esta opção vem de Dinamarca x Austrália, partida que abre o Grupo C nesta quinta-feira (21), às 9h (de Brasília), em Samara. Cada uma das seleções fez apenas um gol até aqui nesta Copa do Mundo. A Dinamarca venceu o Peru por 1×0, e a Austrália vendeu caro, mas caiu diante da França por 2 a 1 no último sábado. Uma das opções de lucro que despontam com maior coerência é a que aponta o total de gols da partida. Caso seja de três gols ou mais, o apostador recebe R$ 2,35/R$ 1,00; se o Dinamarca x Austrália tiver um total de dois gols ou menos, o lucro é de R$ 1,57/R$ 1,00.

Ou seja: a previsão é de uma partida de poucos gols, como mostra a possibilidade favorita, a que sempre oferece um lucro menor – os lucros maiores são decorrência da maior dificuldade de se registrar, embora a diferença nos odds não demonstrem nenhuma impossibilidade de que, afinal, a partida conte com mais de três gols.

Poder escolher se o gol vai sair no primeiro ou no segundo tempo também vale um estudo mais detalhado. Se o gol da favorita Dinamarca, por exemplo, sair na segunda metade, o lucro será de R$ 2,50 a cada R$ 1,00 investido – prever que a contagem da equipe europeia vai ser aberta ainda no primeiro tempo geraria um valor de retorno ainda maior: R$ 3,50/R$ 1,00 apenas nesta escolha. O gol dinamarquês contra o Peru, vale lembrar, saiu aos 14 minutos do segundo tempo, obedecendo a tendência que vem sendo verificada até aqui na Rússia. Encontrar tendências é praticamente a “lição de casa” do apostador veterano.

É claro que essas são apenas algumas das possibilidades de se investir em uma partida de futebol. Quem ainda está começando e quer entender melhor o básico das apostas pode conferir este infográfico que publicamos aqui com as principais informações que o/a apostador/a precisa conhecer para dar os seus primeiros passos.

Por falar em conhecimento, vale também conferir o especial que preparamos para curtir o Mundial da Rússia-2018 nos mínimos detalhes. Quem busca os melhores lucros da Copa do Mundo não deve perder jamais o mundo de informações que estão disponíveis neste último link – está em português e é de graça.

Os odds para a Copa do Mundo nesta quinta (21) e sexta (22):

21/06 – 09:00 – Dinamarca (R$ 1,90) x Austrália (R$ 4,60); empate (R$ 3,50)

21/06 – 12:00 – França (R$ 1,55) x Peru (R$ 7,00); empate (R$ 4,20)

21/06 – 15:00 – Argentina (R$ 2,05) x Croácia (R$ 4,10); empate (R$ 3,40)

22/06 – 09:00 – Brasil (R$ 1,20) x Costa Rica (R$ 19,00); empate (R$ 7,00)

22/06 – 12:00 – Nigéria (R$ 2,90) x Islândia (R$ 2,70); empate (R$ 3,20)

22/06 – 15:00 – Sérvia (R$ 2,70) x Suíça (R$ 3,00); empate (R$ 3,10)

Confira outros odds do futebol brasileiro e internacional na Trivela.