Corinthians e Grêmio seguem na cola do Palmeiras; Inter perde de novo e demite Argel

Aconteceu de novo! Assim como na rodada passada, o líder Palmeiras viu quase todos seus adversários diretos jogarem no fim de semana e será o último a entrar em ação – nesta terça, quando enfrenta o Santos, no Allianz Parque, que estará lotado. E, também como na última semana, o Corinthians continuou sua perseguição ao arquirrival e conquistou uma importante vitória diante da Chapecoense, por 2 a 0, atuando fora de casa. O Grêmio, atual terceiro colocado, também cumpriu seu dever e derrotou o Figueirense, em casa, por 2 a 1. O domingo ainda contou com mais um revés do Internacional e a demissão do técnico Argel Fucks.

O fim de semana do Brasileirão 2016 foi de pouquíssimas surpresas. Para se ter uma ideia, de acordo com estatísticas do OddsShark.com/br, nenhum time considerado azarão saiu de campo com a vitória nesta 14ª rodada. Os resultados que mais pagaram foram os dois empates por 0 a 0. Quem apostou nele para o jogo entre Vitória e Fluminense levou para casa 3,46 dólares por dólar investido. Já quem fez o mesmo no 0 a 0 de Coritiba e Botafogo, faturou 3,43.

Logo no sábado, o Corinthians tinha a missão de ir a Santa Catarina para derrotar a Chapecoense e manter sua perseguição ao líder, e o time de Cristóvão Borges novamente mostrou ser extremamente competitivo. Após um primeiro tempo sonolento, em que as duas equipes criaram pouquíssimas chances, o Timão voltou com uma postura mais ofensiva para a etapa final e abriu o placar aos 14 minutos, com Rodriguinho chutando de fora da área.

Depois do gol corintiano, o jogo continuou equilibrado. A Chape não conseguia assustar tanto, mas, aos 40 minutos, teve a melhor oportunidade. Após falta cobrada por Martinuccio, Kempes desviou, e o zagueiro Thiego apareceu livre, mas chutou na trave de Cássio. O castigo veio nos acréscimos, quando Fagner achou um belo lançamento para Marquinhos Gabriel. Na frente de Marcelo Boeck, o meia tocou de primeira e apenas tirou do goleiro para sacramentar a vitória do Timão – a quarta seguida dos comandados por Cristóvão Borges.

Com a vitória, novamente o Corinthians empata com o Palmeiras em número de pontos (28 cada), mas segue em segundo lugar por ter um saldo de gols menor (16 a 14 para o Verdão). Já a Chapecoense estaciona na 13ª colocação, com 18 pontos. O time de Santa Catarina está apenas a três pontos da zona de rebaixamento.

No sufoco, Grêmio se mantém no topo

Grêmio venceu seus três últimos jogos (Divulgação)

Grêmio venceu seus três últimos jogos (Divulgação)

Além da dupla paulista, outro time que se mantém firme na briga pela liderança é o Grêmio. O tricolor gaúcho recebeu o Figueirense na manhã de domingo (10), em sua arena, e conquistou uma vitória suada por 2 a 1, que manteve o time de Roger Machado a apenas um ponto de Corinthians e Palmeiras, na terceira colocação.

Considerado fortemente azarão (uma vitória do Figueirense estava pagando 9,95 dólares, segundo o site OddsShark.com/br), o time de Santa Catarina não se intimidou. O Figueira chegou com mais perigo no primeiro tempo, enquanto o Grêmio pouco assustava a meta de Thiago Rodrigues. Mas tudo mudou aos 44 minutos, quando o volante Wallace recebeu com liberdade na intermediária, ajeitou e encheu o pé para abrir o placar para os gaúchos.

O gol pareceu ter animado os gremistas, e a equipe voltou bem melhor na etapa final. Douglas, Everton e Luan perderam grandes chances, e o Figueirense aproveitou. Aos 30 minutos, Arthur calou os mais de 36 mil pagantes que lotaram a arena, ao acertar um belo chute de primeira após cruzamento da esquerda. A partida caminhava para acabar em igualdade quando Bobô, vindo do banco de reservas, salvou a equipe da casa.

Depois de um vacilo na saída de bola do Figueirense, o atacante tabelou com Pedro Rocha e estufou a rede dos rivais para dar a vitória ao Tricolor Gaúcho. Na próxima rodada, o Grêmio vai a Recife desafiar o Sport. Já o Figueira, primeiro na zona de rebaixamento com 15 pontos, recebe a Chapecoense em casa, em clássico local.

Inter perde mais uma e Argel dá adeus

Argel Fucks não suportou a mais uma derrota e foi demitido do Internacional. Derrotado pelo Santa Cruz, no Arruda, por 1 a 0, o Colorado amargou a sexta rodada sem uma vitória sequer. O duelo era uma espécie de jogo dos desesperados, já que o clube pernambucano também vinha de péssima fase e acumulava quatro derrotas seguidas. O triunfo veio com um belo chute de Keno no fim do primeiro tempo. Na comemoração, o atacante correu para abraçar o também ameaçado técnico Milton Mendes. Com o resultado, o Inter caiu para oitavo, com 20 pontos. O Santinha, com 14, segue na zona de rebaixamento.

Veja mais notícias e probabilidades no site da OddsSHARK.