Cotações de Junior Barranquilla e Flamengo: quem vai à final da Sul-Americana 2017?

Hoje (30) é o dia D para o Flamengo na Copa Sul-Americana 2017. Mas será o dia de Muralha ou César? O titular do gol Rubro-Negro virou um problema tão grande, que pouco se falou no próprio Junior Barranquilla, adversário do time carioca na semifinal da competição. Para o jogo de volta, que acontece às 22h30 (horário de Brasília), o técnico Reinaldo Rueda disse que já definiu quem irá assumir a meta logo mais. Porém, preferiu manter o mistério.

No duelo de ida, o Fla precisou de seis minutos para virar o placar contra os colombianos. Mas o único representante do Brasil na competição levou um baque depois que o goleiro titular, Diego Alves, se contundiu, aos 19 minutos da primeira etapa, em uma dividida que causou uma fratura na clavícula e abreviou a temporada para o arqueiro. Um minuto após entrar em campo, Muralha tomou um gol do artilheiro Teo Gutiérrez. Quando a torcida já se enervava, Juan empatou, aos 30 do segundo tempo, e Vizeu marcou o gol da vitória, aos 36, depois de acertar um lindo chute de primeira.

Por pouco, os Tiburones não saíram do Maracanã com um resultado melhor, mas, ainda assim, conseguiram marcar fora de casa e poderão ratificar a classificação para a final com o placar em 1 a 0. Aliás, vamos falar sobre os números que o Oddsshark.com traz para a partida. Pelo fato de atuar ao lado da torcida, no estádio Metropolitano Roberto Meléndez, os Tiburones são os favoritos, quando a vitória, logo mais, garante o pagamento de R$ 2,00 sobre cada real, ou seja: retorno em dobro nas aplicações.

Mas se o clube da Gávea triunfar, o investidor conseguirá o ótimo lucro de 420% nas apostas de futebol. Como tem a possibilidade de se qualificar com o empate, os flamenguistas, provavelmente, não irão se expor tanto, ainda mais com a retaguarda preocupada em preservar o goleiro que for escalado. Por isso, fique atento à cotação do placar igual: R$ 3,10 por R$ 1.

Outras opções de investimento

Em primeiro lugar, como já adiantamos, o Atlético Junior passa para a decisão com o placar mínimo. Segundo o Oddsshark.com, o marcado em 1 a 0 é um desfecho que apresenta não só uma bela margem de resgate (600%) como também uma boa viabilidade de acontecer. O motivo? É nítido que os donos da casa tomarão a iniciativa nas ações ofensivas. E os visitantes não dispõem de grande confiança para pressionar a representação colombiana, que vai arriscar tantos chutes que puder ao saber do problema na meta adversária. Logo, o treinador do Flamengo deve montar uma espécie de cinturão defensivo para blindar o gol. Afinal, se não tiver a meta vazada, os visitantes sairão de Barranquilla com a vaga na bagagem.

Goleiro, o flagelo rubro-negro em 2017

O dilema de Rueda é grande: acreditar no destronado Muralha, que já extrapolou a cota de falhas bizarras, em 2017, quando a cereja no bolo foi a tentativa sem sucesso de um drible, dentro da grande área, para cima de Ricardo Oliveira – que tomou a bola e rolou para o gol de Bruno Henrique, que abriu o placar na vitória do Santos por 2 a 1, no último domingo (26) –, ou escalar o quarto reserva, César, que não atua há dois anos. Além de Diego Alves, Thiago, a terceira opção no elenco, ainda se recupera de uma fratura no punho esquerdo.

Escalações prováveis

O Fla conta com outros três desfalques por contusão: Everton, Berrío e Rafael Vaz estão vetados pelo departamento médico. Além do trio, Paolo Guerrero, um dos astros da companhia, continua fora em função de uma punição imposta pela Fifa por doping. O atacante peruano será julgado, hoje (30), em Zurique, na Suíça, mas a sentença só deve sair na próxima segunda-feira (04).

JUNIOR BARRANQUILLA: Viera, Murillo, Pérez, Ariás e Gutiérez; Pico, Cantillo e González; Mier, Chará e Téo Gutierrez.

FLAMENGO: César (Muralha); Pará, Juan, Réver e Trauco; Cuellar e William Arão;  Éverton Ribeiro, Diego e Paquetá; Felipe Vizeu.

Considerações finais

O Junior Barranquilla realiza uma temporada brilhante na Colômbia. Líder na primeira fase do campeonato nacional, os Tiburones, mesmo com os reservas – já que a Sul-Americana é prioridade –, empataram, fora de casa, contra o América de Cáli, no confronto de ida pelas quartas de final. Será um adversário duríssimo para o Flamengo, que ainda terá que suportar a forte pressão das arquibancadas. O time classificado terá pela frente o Independiente (ARG), que eliminou o Libertad (PAR), na decisão.

Não é apenas na Copa Sul-Americana que temos odds. Fique ligado nos outros eventos esportivos e lucre com a Trivela!