De loucos: só sete pontos separam os 12 primeiros na Segundona da Argentina

Sempre passional, a Argentina é a bola da vez para a turma que curte as apostas de futebol. Mas não vamos falar da primeira divisão do país, cuja liderança do Boca Juniors está correndo perigo a quatro rodadas do fim. A hora é de explicar como está a Segundona da Argentina, que talvez seja o torneio mais eletrizante deste momento em todo o continente.

Não há o que discutir: entre os 12 primeiros na tabela de classificação, apenas e tão somente sete pontos separam o líder, o Aldosivi, de Mar Del Plata, do 12º, o Quilmes. O presente da competição vai certamente gerar as histórias de loucura que só o futebol argentino, com suas canchas apertadas e com as suas torcidas inflamadas, consegue criar desde sempre.

Convém situar o sistema de disputa que por si só é um convite à loucura. Apenas dois clubes (de um total de 25 participantes) vão subir para a Primeirona – que, por sua vez, já decretou os quatro rebaixados, Arsenal, Chacarita Juniors, Olimpo e Temperley. A iniciativa argentina é reduzir os clubes participantes da Superliga, como é chamada a primeira divisão, de 28 para 26.

E apenas e tão somente o primeiro colocado na B Nacional, como é tratada oficialmente a Segundona do país, consegue o acesso direto. Mas há um detalhe: caso haja igualdade em pontos, haverá um jogo-desempate, e assim sucessivamente se houver três ou quatro times, que partiriam então para um triangular ou quadrangular para se jogar com caneleiras de titânio.

O líder Aldosivi soma 38 pontos, contra 37 do Almagro e 36 do San Martín de Tucumán. Esses são os três times que vêm mais à frente dos demais, porque no intervalo entre 33 e 31 pontos estão nada menos que nove equipes.

Se o líder sobe direto, há uma outra vaga que será oferecida também ao sobrevivente (termo mais que adequado) do mata-mata que será levado adiante entre todos os times que terminarem entre segundo e nono. O futebol argentino é, de fato, um primor de criatividade.

De acordo com o site especializado em apostas OddsShark.com, o líder Aldosivi precisa tomar cuidado neste final de semana. Vai jogar fora de casa contra o Deportivo Riestra, que ocupa a última colocação, mas que ficou famoso por uma trapaça no ano passado na terceira divisão que incluiu aumentar a risca das áreas de propósito, bolas murchas e a invasão de campo de um jogador disfarçado de torcedor para dar um soco no rosto de um adversário. O Aldosivi tem cotações de favorito: R$ 2,32/R$ 1,00, se é que dá para chamar assim uma cotação desta, alta como os batimentos cardíacos dos torcedores que estão envolvidos nesta disputa.

Os times que vêm em segundo e terceiro, Almagro e San Martín de San Juan, atuam em casa e têm boas chances de manter a caçada (outro termo apropriado) ao Aldosivi. Segundo o OddsShark.com, o Almagro é quem surge com maiores chances de vitória: devolve R$ 1,86/R$ 1,00 caso vença o Flandria, apenas o 20º, na partida que começa às 14h35 (de Brasília) deste sábado (22). O San Martín de Tucumán, por sua vez, abre a rodada na sexta (21), às 15h05, enfrentando o Guillermo Brown, que tenta sair da complicada 15ª colocação que ocupa agora.

Ah sim, deixamos para o final de propósito: esta é a penúltima rodada. Imagine a guerra que vai ser tanto pelo acesso direto quanto pelas vagas no mata-mata seguinte.

As cotações da 23ª rodada da Segundona da Argentina, segundo o OddsShark.com:

21/04 – 15:05 – San Martín de Tucumán (R$ 1,95) x Guillermo Brown (R$ 2,43); empate (R$ 2,86) – Palpite: San Martín

21/04 – 15:30 – Nueva Chicago (R$ 2,51) x Brown Adrogué (R$ 2,95); empate (R$ 2,82) – Palpite: Nueva Chicago

22/04 – 11:00 – Los Andes (R$ 2,21) x All Boys (R$ 3,57); empate (R$ 2,85) – Palpite: Los Andes

22/04 – 14:35 – Almagro (R$ 1,86) x Flandria (R$ 4,71); empate (R$ 2,95) – Palpite: Almagro

22/04 – 15:30 – Villa Dalmine (R$ 2,14) x Deportivo Morón (R$ 3,74); empate (R$ 2,82) – Palpite: Dalmine

22/04 – 16:00 – Sportivo Estudiantes (R$ 2,66) x Independiente Rivadavia (R$ 2,75); empate (R$ 3,60) – Palpite: Empate

22/04 – 17:00 – Gimnasia Jujuy (R$ 1,92) x Atlético Mitre (R$ 4,49); empate (R$ 2,86) – Palpite: Gimnasia

22/04 – 17:00 – Quilmes (R$ 1,78) x Boca Unidos (R$ 4,80); empate (R$ 3,15) – Palpite: Quilmes

22/04 – 18:30 – Instituto (R$ 2,21) x Agropecuário (R$ 3,47); empate (R$ 2,89) – Palpite: Instituto

23/04 – 15:35 – Riestra (R$ 3,13) x Aldosivi (R$ 2,32); empate (R$ 2,91) – Palpite: Aldosivi

23/04 – 20:30 – Santamarina (R$ 2,27) x Ferro (R$ 3,43); empate (R$ 2,78) – Palpite: Santamarina

23/04 – 21:00 – Sarmiento Junin (R$ 2,69) x Atlético Rafaela (R$ 2,70); empate (R$ 2,85) – Palpite: Sarmiento

Confira outros odds do futebol brasileiro e internacional na Trivela.