Figueirense desbanca Santos na Vila, e vitória garante lucro superior a 600% nas apostas

A 22ª rodada do Brasileirão mostrou-se bastante indigesta para os mandantes no fim de semana (27 e 28 de agosto). Dos nove jogos disputados no sábado e no domingo, seis deles terminaram com tropeços dos donos da casa. Em três oportunidades, os clubes visitantes garantiram os três pontos e, em outras três, o empate. Um dos destaques foi a vitória do Palmeiras sobre o Fluminense por 2 a 0, em Brasília (DF), em jogo que mais uma vez contou com atuação sólida do clube alviverde e ainda o manteve na liderança da competição com 43 pontos. Além disso, o Flamengo continuou a escalada na tabela ao derrotar a Chapecoense fora de casa por 3 a 1 e alcançou o segundo lugar com 40 pontos. No entanto, a vitória que mais chamou a atenção e causou surpresa dos times visitantes foi a do Figueirense sobre o Santos (1×0) em plena Vila Belmiro. O gol solitário de Rafael Moura, de pênalti, estragou a festa do Peixe para a despedida de Gabigol, que irá jogar a partir de agora na Inter de Milão, da Itália, e fez a festa dos investidores do site de estatísticas esportivas OddsShark.com/br.

A segunda vitória em toda a história do time catarinense no estádio santista – são 11 confrontos, com nove vitórias para o Santos e, agora, duas para o Figueirense – rendeu lucro de 680% aos apostadores. Cotados a R$ 7,80 para cada real investido, os três pontos do Figueira fora de casa deram lucro de R$ 6,80 para os investidores, o que, numa aposta de R$ 100, por exemplo, deu retorno de R$ 680. Na classificação geral, o time comandado por Tuca Guimarães segue no Z-4 (18º), com 24 pontos, porém a apenas dois pontos do Coritiba, primeiro time fora da zona da degola. Já a equipe de Ricardo Oliveira e companhia ficou estacionada na quinta posição, com 36 pontos, e se complicou na disputa pelo caneco. Agora, são sete pontos de diferença para o Palmeiras.

Por falar no líder, o retrospecto 100% do Verdão no Mané Garrincha em 2016 – já havia batido o Flamengo no primeiro turno – fez o clube paulista abrir três pontos para o Mengão. Apesar de sofrer com a forte marcação do Tricolor Carioca durante a partida e, principalmente, com inúmeras faltas, foi a partir delas que o Palmeiras construiu o resultado. Na primeira, Jean cruzou e Dudu apareceu livre no segundo pau, para, de voadora, marcar o gol após saída errada do goleiro Diego Cavalieri. Já na segunda falta, o lateral direito palmeirense aproveitou rebote da defesa carioca para enfiar um chutaço no ângulo adversário. O resultado favorável ao Palmeiras garantiu R$ 2,33 para cada real investido aos apostadores.

Com Diego e Leandro Damião inspirados – cada um marcou um gol, além do argentino Mancuello –, o Flamengo assegurou retorno de R$ 2,45 para cada real investido entre os apostadores do OddsShark.com/br. Os três tentos em Santa Catarina foram um ótimo combustível para o Mengão na disputa pela liderança, que pode vir já nas próximas duas rodadas. Isso porque a equipe do técnico Zé Ricardo tem confrontos teoricamente mais tranquilos (enfrenta a Ponte Preta no Espírito Santo e o Vitória em Salvador) que o Palmeiras, que tem o clássico com o São Paulo no Allianz Parque e viaja a Porto Alegre para encarar o Grêmio.

No jogo mais aguardado da rodada, o Grêmio, sexto colocado, com 36 pontos, parou no Atlético Mineiro, terceiro, com 39, e ficou no empate por 1 a 1 no Rio Grande do Sul. A igualdade foi ruim para ambas as equipes, que viram Palmeiras e Flamengo aumentarem sua vantagem. Com 25 finalizações ao longo da partida contra apenas três do Galo, o Tricolor Gaúcho esbarrou na má pontaria, seja em arremates para fora ou no paredão chamado Uilson, medalhista olímpico que substituiu o lesionado Victor. O gol veio com Luan, que contou com desvio de Ronaldo para enganar o goleiro mineiro. Mesmo pior, o Atlético chegou à igualdade com Robinho, que assumiu a artilharia da competição ao lado do palmeirense Gabriel Jesus com 10 gols e garantiu R$ 3,10 para os apostadores que acreditaram no empate.

Resultados e cotações do 22ª rodada do Brasileirão:

Sábado (27/08)
16h – Ponte Preta (R$ 2,85) 2 x 0 Corinthians (R$ 2,40); empate R$ 3,04

Domingo (28/08)
11h – Santos (R$ 1,32) 0 x 1 Figueirense (R$ 7,80); empate R$ 5,00
11h – Cruzeiro (R$ 1,42) 2 x 0 Santa Cruz (R$ 6,60); empate R$ 4,30
16h – São Paulo (R$ 1,73) 0 x 0 Coritiba (R$ 4,50); empate R$ 3,45
16h – Grêmio (R$ 2,18) 1 x 1 Atlético-MG (R$ 3,25); empate R$ 3,10
16h – Chapecoense (R$ 2,85) 1 x 3 Flamengo (R$ 2,45); empate R$ 2,95
16h – Fluminense (R$ 3,00) 0 x 2 Palmeiras (R$ 2,33); empate R$ 3,05
18h30 – Vitória (R$ 1,66) 2 x 1 América-MG (R$ 4,90); empate R$ 3,55
18h30 – Sport (R$ 2,40) 1 x 1 Internacional (R$ 2,90); empate R$ 3,00

Segunda-feira (29/08)
20h – Atlético-PR (R$ 2,05) x Botafogo (R$ 3,40); empate R$ 3,25